A maior rede de estudos do Brasil

Qual era a forma de identidade social do homem medieval?

Gente me ajudem, essa pergunta me percegue.. 


2 resposta(s)

User badge image

Rafael Gomes

Há mais de um mês

Bom, como já dito pelo colega acima, a principal identidade social do homem medieval era a religiosidade. A Igreja, como instituição social mais poderosa, controlava o modo de vida de toda a sociedade européia, sendo a autoridade que regia  o comportamento e atitudes dos homens. Diferentemente de como citado pelo colega, a teologia (filosofia religiosa) não influenciava o controle religioso, pois era praticamente produzida para consumo interno dos grandes clérigos (basta notar que os pobres eram analfabetos e não tinham contato com a bíblia escrita em latim). O controle social , utilizando o conceito do ilustrissímo sociólogo Émilie Durkheim, era exercido através do medo, com referências ao pecado ( que poderia ser qualquer coisa desde que desobedecesse a Igreja) e a sua relação com a punição eterna, o inferno. 

Outros dois elementos influenciavam a identidade do homem medieval. O primeiro é a guerra, produzida pelos nobres e que evidentemente influenciava toda a sociedade européia. Dessa forma o homem medieval era um homem guerreiro, tanto no sentido mais literal da palavra, ou de forma mais indireta. Isso se dava pela disputa sempre constante dos senhores feudais entre sim, que por sua vez acontecia pela falta de poder do rei.

Por fim, o homem medieval é um homem rural. Não existia comércio na Europa medieval, e toda a produção era pra consumo interno nos feudos. O excedente agrícola permanecia no campo, e dessa forma, isso não permitia o surgimento das cidades. Todas as relações sociais do homem medieval aconteciam em torno da produção direta.

Também espero ter te ajudado.

Bom, como já dito pelo colega acima, a principal identidade social do homem medieval era a religiosidade. A Igreja, como instituição social mais poderosa, controlava o modo de vida de toda a sociedade européia, sendo a autoridade que regia  o comportamento e atitudes dos homens. Diferentemente de como citado pelo colega, a teologia (filosofia religiosa) não influenciava o controle religioso, pois era praticamente produzida para consumo interno dos grandes clérigos (basta notar que os pobres eram analfabetos e não tinham contato com a bíblia escrita em latim). O controle social , utilizando o conceito do ilustrissímo sociólogo Émilie Durkheim, era exercido através do medo, com referências ao pecado ( que poderia ser qualquer coisa desde que desobedecesse a Igreja) e a sua relação com a punição eterna, o inferno. 

Outros dois elementos influenciavam a identidade do homem medieval. O primeiro é a guerra, produzida pelos nobres e que evidentemente influenciava toda a sociedade européia. Dessa forma o homem medieval era um homem guerreiro, tanto no sentido mais literal da palavra, ou de forma mais indireta. Isso se dava pela disputa sempre constante dos senhores feudais entre sim, que por sua vez acontecia pela falta de poder do rei.

Por fim, o homem medieval é um homem rural. Não existia comércio na Europa medieval, e toda a produção era pra consumo interno nos feudos. O excedente agrícola permanecia no campo, e dessa forma, isso não permitia o surgimento das cidades. Todas as relações sociais do homem medieval aconteciam em torno da produção direta.

Também espero ter te ajudado.

User badge image

Mario Cesar

Há mais de um mês

Cara eu Faço engenharia civi kkkkkk, mas eu me lembro dessa questão dos tempos de ensino medio, é mais ou menos isso:

 

Suas características mais essenciais é o ser religioso que este homem era. Fruto de um período extremamente religioso,esse modelo humano era influenciado pela mais alta expressão de ciência religiosa: a teologia. E quanto aos incrédulos, esse tipo de homem era quase inexistente, estes seriam os judeus, os infiéis e os pagãos na idade Média.

O homem medieval é criatura de Deus. Sua história tem início e está contido no livro de Gênesis, onde o homem ganha a natureza por herança, como forma de alimentação e sobrevivência. Por isso ele foi vocacionado para ser senhor de uma natureza dessacralizada, da terra e dos animais.

 

Espero que te ajude amigo!!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes