Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

“A Novação, ao contrário do adimplemento em sentido estrito, é modo extintivo não-satisfatório, pois não conduz à satisfação imediata do crédito”?

Como julgaria esta assertiva?! 


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

Julgaria como correta. Adimplemento em sentido estrito se dá com o efetivo cumprimento da obrigação ou com "o pagamento", termo que pode não ser o mais adequado, sobretudo porque a obrigação pode consistir em entrega de coisa ou em um fazer ou se abster.

Na novação, extingue-se a obrigação, mas não pela satisfação do crédito, mas por alteração, objetiva ou subjetiva, acertada entre credor e devedor, com animus novandi, que faz surgir uma nova obrigação.

Julgaria como correta. Adimplemento em sentido estrito se dá com o efetivo cumprimento da obrigação ou com "o pagamento", termo que pode não ser o mais adequado, sobretudo porque a obrigação pode consistir em entrega de coisa ou em um fazer ou se abster.

Na novação, extingue-se a obrigação, mas não pela satisfação do crédito, mas por alteração, objetiva ou subjetiva, acertada entre credor e devedor, com animus novandi, que faz surgir uma nova obrigação.

User badge image

Estudante PD

Há mais de um mês

Corretíssima. Pois a novação extingue uma obrigação anterior para criar uma nova, desse modo o devedor ainda continuará com vínculo ao credor. Já o adimplemento normal ele satisfaz ambos (devedor e credor) e não cria uma nova obrigação, apenas extingue.

Essa pergunta já foi respondida!