A maior rede de estudos do Brasil

Estimativa de Contribuição Subterrânea

Alguem sabe como realizar uma estimativa de contribuição subterrânea a partir de uma curva de permanência de vazões diárias?

HidrologiaUNIVALI

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para resolver esta questão, utilizaremos conceitos da disciplina de “Hidrologia Estatística”.


Uma variação do diagrama de freqüências relativas acumuladas, onde a frequência de não superação é substituída pela porcentagem de um intervalo de tempo específico onde o valor da variável de interesse foi igualado ou superado, é denominado “Curva de Permanência”. Em Hidrologia Estatística, a curva de permanência é largamente utilizada para identificar o padrão de variação de vazões em um determinado período. O emprego desta curva fornece informações para o projeto do sistemas hídricos ou para outorga de direito de uso de água em algumas partes do Brasil. Para exemplificar, no estado da Bahia, pode ser outorgada a um novo usuário até 80% da vazão que ocorre em 90% das vezes, ou seja, Q90 da curva de permanência. Uma curva de permanência é mostrada na figura 1:

Figura 1 - Curva de Permanência de Vazões.

Existem algumas relações para estimar a contribuição subterrânea através de razões de vazões obtidas da curva de permanência, ou identificação das vazões mínimas (de base) de um sistema. Entretanto, a razão é a mais empregada para a proporção do escoamento superficial devido à contribuição subterrânea.

Esta relação é adequada para uma estimativa inicial para a parcela de contribuição subterrânea no escoamento superficial, é uma das primeiras análises realizadas antes de um detalhamento mais profundo.


Portanto, para uma adequada estimativa inicial da parcela de contribuição subterrânea no escoamento superficial de um rio, por exemplo, podemos utilizar a razão de frequência relativas de vazões de uma curva de permanência.


Fonte:“Bacia Hidrográfica do Rio Grande – Diagnóstico Preliminar – Geologia e Hidrogeologia”

Agência Nacional de Águas

Ministério do Meio Ambiente

“Hidrologia Estatística”

Autores: Mauro Naghettini

Éber José de Andrade Pinto

Para resolver esta questão, utilizaremos conceitos da disciplina de “Hidrologia Estatística”.


Uma variação do diagrama de freqüências relativas acumuladas, onde a frequência de não superação é substituída pela porcentagem de um intervalo de tempo específico onde o valor da variável de interesse foi igualado ou superado, é denominado “Curva de Permanência”. Em Hidrologia Estatística, a curva de permanência é largamente utilizada para identificar o padrão de variação de vazões em um determinado período. O emprego desta curva fornece informações para o projeto do sistemas hídricos ou para outorga de direito de uso de água em algumas partes do Brasil. Para exemplificar, no estado da Bahia, pode ser outorgada a um novo usuário até 80% da vazão que ocorre em 90% das vezes, ou seja, Q90 da curva de permanência. Uma curva de permanência é mostrada na figura 1:

Figura 1 - Curva de Permanência de Vazões.

Existem algumas relações para estimar a contribuição subterrânea através de razões de vazões obtidas da curva de permanência, ou identificação das vazões mínimas (de base) de um sistema. Entretanto, a razão é a mais empregada para a proporção do escoamento superficial devido à contribuição subterrânea.

Esta relação é adequada para uma estimativa inicial para a parcela de contribuição subterrânea no escoamento superficial, é uma das primeiras análises realizadas antes de um detalhamento mais profundo.


Portanto, para uma adequada estimativa inicial da parcela de contribuição subterrânea no escoamento superficial de um rio, por exemplo, podemos utilizar a razão de frequência relativas de vazões de uma curva de permanência.


Fonte:“Bacia Hidrográfica do Rio Grande – Diagnóstico Preliminar – Geologia e Hidrogeologia”

Agência Nacional de Águas

Ministério do Meio Ambiente

“Hidrologia Estatística”

Autores: Mauro Naghettini

Éber José de Andrade Pinto

User badge image

Neomara

Há mais de um mês

http://passeidireto.com/disciplina/747260/arquivos

Tem dois modelos de curva de permanência, onde um é sobre a contribuição subterrânea.

Espero ter ajudado! 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas