A maior rede de estudos do Brasil

Como se caracteriza o federalismo brasileiro?

Qualificar o federalismo brasileiro segundo a autonomia, a soberania e outros critérios.

Direito Constitucional II

Humanas / Sociais


5 resposta(s)

User badge image

Tatiane Nascimento

Há mais de um mês

Olá Fernando!

Algumas características do Federalismo brasileiro:

  • Descentralização política: a CF: prevê núcloes de poder político - concedendo autonomia para estes;
  • Repartição de competência: garante o equilíbrio da Federação;
  • Constituição rígida como base jurídica: garante, dentre outros fatores, estabilidade institucional;
  • Impossibilidade de secessão: inexiste o direito de separação, de retirada do Estado da Federação - Princípio da indissolubilidade do vínculo federativo;
  • Soberania: Os entes fedeativos são autônomos, mas, a soberania é do Estado Federal;
  • Intervenção: Em uma situação de crise o Estado poderá intervir para assegurar o equilíbrio da Federação;
  • Auto-organização dos Estados-membros: através das Constituições Estaduais;
  • Guardião da Constituição: STF (Brasil);
  • Repartição de receitas: assegura o equilíbrio entre os entes federativos - arts. 157 a 159.

 

Espero ter ajudado! Bons estudos para você. :)

Olá Fernando!

Algumas características do Federalismo brasileiro:

  • Descentralização política: a CF: prevê núcloes de poder político - concedendo autonomia para estes;
  • Repartição de competência: garante o equilíbrio da Federação;
  • Constituição rígida como base jurídica: garante, dentre outros fatores, estabilidade institucional;
  • Impossibilidade de secessão: inexiste o direito de separação, de retirada do Estado da Federação - Princípio da indissolubilidade do vínculo federativo;
  • Soberania: Os entes fedeativos são autônomos, mas, a soberania é do Estado Federal;
  • Intervenção: Em uma situação de crise o Estado poderá intervir para assegurar o equilíbrio da Federação;
  • Auto-organização dos Estados-membros: através das Constituições Estaduais;
  • Guardião da Constituição: STF (Brasil);
  • Repartição de receitas: assegura o equilíbrio entre os entes federativos - arts. 157 a 159.

 

Espero ter ajudado! Bons estudos para você. :)

User badge image

Júnior Oliveira

Há mais de um mês

O federalismo é forma de governo baseada na descentralização de poder. O Estado é soberano. Há, contudo, uma repartição de poder entre os entes federativos.

Tais entes federativos são autônomos, porém, unidos por um elo imutável, o pacto federativo.

Os estados-membros, portanto, não se dissociarão da unidade soberana. São, assim, vulneráveis à intervenção federal. Entretanto, possuem autonomia política e administrativa para elaboração de suas próprias constituições, protegidos pelo poder constituinte decorrente. Formam, então, seus poderes executivo, legislativo e judiciário correspondentes, que colaborarão, a partir de suas esferas de atribuição, para a formação da ordem jurídica federal.

Neste diapasão, a Constituição de 1988 não deixou dúvidas quanto ao federalismo da nação brasileira e de seus entes – União, Estados, Municípios e Distrito Federal – especificando os bens pertencentes a cada um, e ainda, dividindo entre eles as competências legislativas e administrativas.

Os Estados-membros, portanto, são componentes indispensáveis para a constituição do federalismo. Mas não se confundem com o Estado federal, sendo este a pessoa jurídica de Direito Público externo e detentor exclusivo de soberania. Aos Estados-membros, no entanto, são garantidos na CF os direitos à auto-organização e normatização própria (art. 25), ao autogoverno (artS. 27, 28 e 125 da CF), à autoadministração (possuem órgãos e servidores) e à autonomia tributária e financeira (tributos e orçamento próprios).

 

User badge image

Jorge Blademir de Souza

Há mais de um mês

Boa noite Fernando,

O federalismo brasileiro se deu com a proclamação da República em que consistiu na divisão do Estado Unitários em estados membros, num movimento denominado centrífugo (de dentro para fora), sendo que os estados membros são dotados somente de autonomia,m porquanto a soberania pertence à República Federativa do Brasil. Os entes que compõe o federalismo brasileiro são: União, estados membros, distrito federal e os municípios, oque define o federalismo brasileiro como único o fato de admitir o município como ente da federação, pois possui autonimia política e administrativa e receitas próprias, aspecto que nenhum outro País adotou.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes