A maior rede de estudos do Brasil

Transforme o diálogo seguinte em um texto narrativo....?

Com base no estudo do capítulo 06 (SEIS) do livro da disciplina, leia a crônica Estereo .... o quê?, de Luís Fernando Verisssimo, reescreva o fragmento abaixo, SEM DIÁLOGOS, em linguagem padrão. 

- Posso dirigir uma mensagem de caráter sentimental, algo banal, talvez mesmo previsível e piegas, a uma pessoa à qual sou ligado por razões, inclusive, genéticas? 

- Pode. 

- Uma saudação para a minha progenitora. 

- Como é? 

- Alô mamãe! 

- Estou vendo que você é um, um .. 

- Um jogador que confunde o entrevistador, pois não corresponde à expectativa de que o atleta seja um ser primitivo com dificuldade de expressão e assim sabota a estereotipação? 

- Estereoquê? 

- Um chato? 

- Isso. 



Seu texto deve 

· contemplar o tema proposto; 

· apresentar o nível padrão de linguagem; 

· ter entre cinco e oito linhas.


5 resposta(s)

User badge image

Robson

Há mais de um mês

Oi Thaisa boa tarde, Fez chegou a fazer essa atividade?

Oi Thaisa boa tarde, Fez chegou a fazer essa atividade?

User badge image

Thaisa

Há mais de um mês

Não consegui fazer ainda,to tentando :(
User badge image

Luis Henrique

Há mais de um mês

Perguntei ao repórter se eu podia dirigir uma mensagem de caráter sentimental, algo comum, talvez mesmo previsível e sentimentalista ao extremo, a uma pessoa à qual sou ligado por razões, inclusive, genéticas e o repórter me disse que eu podia. Então eu respondi que seria uma saudação para a minha mãe e ele me perguntou como seria, onde eu respondi que daria um alô para a minha mãe. O repórter começou a dizer que eu era um, um.. e eu completei a frase para ele e ao mesmo tempo perguntando se eu era um jogador que confunde o entrevistador, pois não corresponde à expectativa de que o atleta seja um ser simples com dificuldade de expressão e assim danifica o conceito que se estabelece como padrão. Confuso, o repórter me indagou o que era estereoquê, se era um chato, e  eu confirmei que era isso sim.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes