A maior rede de estudos do Brasil

É CABÍVEL HABEAS DATA EM DESFAVOR DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL SOBRE INFORMAÇÕES BANCÁRIAS?

JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA EMPREGANDO OS ARGUMENTOS JURÍDICOS APROPRIADOS E A FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERTINENTE.


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

Sim, é possível.

É que a Caixa Econômica Federal, nada obstante possua natureza jurídica de pessoa jurídica de direito privado, é possuidora de registros ou bancos de dados de caráter público (art. 5º, LXXII, da CRFB):

"Art. 5º. [...]

LXXII - conceder-se-á habeas data:

a) para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público;

b) para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial ou administrativo;"

Lembrando que o conceito de registro de caráter público é trazido pelo art. 1º, §único, da Lei 9.507/97:

"Art. 1º. [...]

Parágrafo único. Considera-se de caráter público todo registro ou banco de dados contendo informações que sejam ou que possam ser transmitidas a terceiros ou que não sejam de uso privativo do órgão ou entidade produtora ou depositária das informações."

Ademais, gostaríamos de acrescentar mais uma possibilidade de impetração do habeas data, não prevista na CRFB, mas também não obstada por ela, que é o caso do art. 7º, III, da Lei 9.507/97:

"Art. 7° Conceder-se-á habeas data:

[...]

III - para a anotação nos assentamentos do interessado, de contestação ou explicação sobre dado verdadeiro mas justificável e que esteja sob pendência judicial ou amigável."

Sim, é possível.

É que a Caixa Econômica Federal, nada obstante possua natureza jurídica de pessoa jurídica de direito privado, é possuidora de registros ou bancos de dados de caráter público (art. 5º, LXXII, da CRFB):

"Art. 5º. [...]

LXXII - conceder-se-á habeas data:

a) para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público;

b) para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial ou administrativo;"

Lembrando que o conceito de registro de caráter público é trazido pelo art. 1º, §único, da Lei 9.507/97:

"Art. 1º. [...]

Parágrafo único. Considera-se de caráter público todo registro ou banco de dados contendo informações que sejam ou que possam ser transmitidas a terceiros ou que não sejam de uso privativo do órgão ou entidade produtora ou depositária das informações."

Ademais, gostaríamos de acrescentar mais uma possibilidade de impetração do habeas data, não prevista na CRFB, mas também não obstada por ela, que é o caso do art. 7º, III, da Lei 9.507/97:

"Art. 7° Conceder-se-á habeas data:

[...]

III - para a anotação nos assentamentos do interessado, de contestação ou explicação sobre dado verdadeiro mas justificável e que esteja sob pendência judicial ou amigável."

User badge image

Haggitto

Há mais de um mês

Será cabivel HD se as informações forem de caráter pessoal, sendo da recusa ao acesso as informações ou do decurso de mais de 10 dias sem decisão ; da ratificação em quinze dias ou da anotacao de quinze dias.
Artigo 5, inciso LXXII da CRFB/88 e Lei 9.507/97.
É uma ação Gratuita artigo 5, inciso LXXVII DA CRFB/88

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas