A maior rede de estudos do Brasil

vetores

Mosrte que os vetores u = (1,2,3), v = (0,1,1) e w = (0,0,1) formam uma base do espaço vetorial R³. Encontre as coordenadas do vetor (1,1,0) ∈ R³ com relação à base formada pelos vetores u, v e w.

Algebra Linear e Estrutura AlgebricaLeo Kohler E E Prof Ef

1 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Neste exercício, serão utilizados os conhecimentos sobre álgebra linear para analisar os vetores \(u=(1,2,3)\)\(v=(0,1,1)\) e \(w=(0,0,1)\). A matriz formada por esses vetores está apresentada a seguir:

\(\Longrightarrow \begin{bmatrix} 1 & 2 & 3 \\ 0 & 1 & 1 \\ 0 & 0 & 1 \\ \end{bmatrix} \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


Primeiro, é necessário provar que os dados vetores formam uma base do espaço vetorial \(\mathbb{R}^3\). Primeiro, será realizada a operação \((I)-2(II)\). Com isso, a nova linha \((I)\) é:

\(\Longrightarrow \begin{bmatrix} 1 & 0 & 1 \\ 0 & 1 & 1 \\ 0 & 0 & 1 \\ \end{bmatrix} \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


Agora, serão realizadas as operações \((I)-(III)\) e \((II)-(III)\). Com isso, as novas linhas \((I)\) e \((II)\) são:

\(\Longrightarrow \begin{bmatrix} 1 & 0 & 0 \\ 0 & 1 & 0 \\ 0 & 0 & 1 \\ \end{bmatrix} \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


A matriz resultante é formada pelos vetores \((1,0,0)\)\((0,1,0)\) e \((0,0,1)\), que formam a base mais simples do espaço vetorial \(\mathbb{R}^3\). Portanto, os vetores \(u\)\(v\) e \(w\) de fato formam uma base do espaço vetorial \(\mathbb{R}^3\).


Agora, um dado vetor \((1,1,0)\) será representado a partir do espaço vetorial formado pelos vetores \(u=(1,2,3)\)\(v=(0,1,1)\) e \(w=(0,0,1)\). Essa representação pode ser escrita da seguinte forma:

\(\Longrightarrow (1,1,0)=a \cdot u + b \cdot v + c \cdot w\)

Agora, é necessário calcular os valores de \(a\)\(b\) e \(c\).


A partir da equação anterior, a equação resultante é:

\(\Longrightarrow (1,1,0)=a \cdot (1,2,3) + b \cdot (0,1,1) + c \cdot (0,0,1)\)

\(\Longrightarrow (1,1,0)= (a,2a,3a) + (0,b,b) + (0,0,c)\)


A partir da equação anterior, pode-se escrever o seguinte sistema de equações:

\(\Longrightarrow\left \{ \begin{matrix} a=1 \\ 2a+b=1 \\ 3a+b+c=0 \\ \end{matrix} \right. \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


Substituindo o valor de \(a\) na equação \((II)\), o valor de \(b\) é:

\(\Longrightarrow 2a+b=1\)

\(\Longrightarrow 2\cdot 1+b=1\)

\(\Longrightarrow b=-1\)


Substituindo os valores de \(a\) e \(b\) na equação \((III)\), o valor de \(c\) é:

\(\Longrightarrow 3a+b+c=0\)

\(\Longrightarrow 3\cdot 1-1+c=0\)

\(\Longrightarrow 2+c=0\)

\(\Longrightarrow c=-2\)


Finalmente, substituindo os coeficientes conhecidos na equação \((1,1,0)=a \cdot u + b \cdot v + c \cdot w\), a solução do exercício é:

\(\Longrightarrow \fbox {$ (1,1,0)=u - v -2 w $}\)

Neste exercício, serão utilizados os conhecimentos sobre álgebra linear para analisar os vetores \(u=(1,2,3)\)\(v=(0,1,1)\) e \(w=(0,0,1)\). A matriz formada por esses vetores está apresentada a seguir:

\(\Longrightarrow \begin{bmatrix} 1 & 2 & 3 \\ 0 & 1 & 1 \\ 0 & 0 & 1 \\ \end{bmatrix} \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


Primeiro, é necessário provar que os dados vetores formam uma base do espaço vetorial \(\mathbb{R}^3\). Primeiro, será realizada a operação \((I)-2(II)\). Com isso, a nova linha \((I)\) é:

\(\Longrightarrow \begin{bmatrix} 1 & 0 & 1 \\ 0 & 1 & 1 \\ 0 & 0 & 1 \\ \end{bmatrix} \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


Agora, serão realizadas as operações \((I)-(III)\) e \((II)-(III)\). Com isso, as novas linhas \((I)\) e \((II)\) são:

\(\Longrightarrow \begin{bmatrix} 1 & 0 & 0 \\ 0 & 1 & 0 \\ 0 & 0 & 1 \\ \end{bmatrix} \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


A matriz resultante é formada pelos vetores \((1,0,0)\)\((0,1,0)\) e \((0,0,1)\), que formam a base mais simples do espaço vetorial \(\mathbb{R}^3\). Portanto, os vetores \(u\)\(v\) e \(w\) de fato formam uma base do espaço vetorial \(\mathbb{R}^3\).


Agora, um dado vetor \((1,1,0)\) será representado a partir do espaço vetorial formado pelos vetores \(u=(1,2,3)\)\(v=(0,1,1)\) e \(w=(0,0,1)\). Essa representação pode ser escrita da seguinte forma:

\(\Longrightarrow (1,1,0)=a \cdot u + b \cdot v + c \cdot w\)

Agora, é necessário calcular os valores de \(a\)\(b\) e \(c\).


A partir da equação anterior, a equação resultante é:

\(\Longrightarrow (1,1,0)=a \cdot (1,2,3) + b \cdot (0,1,1) + c \cdot (0,0,1)\)

\(\Longrightarrow (1,1,0)= (a,2a,3a) + (0,b,b) + (0,0,c)\)


A partir da equação anterior, pode-se escrever o seguinte sistema de equações:

\(\Longrightarrow\left \{ \begin{matrix} a=1 \\ 2a+b=1 \\ 3a+b+c=0 \\ \end{matrix} \right. \begin{matrix} (I) \\ (II) \\ (III) \\ \end{matrix}\)


Substituindo o valor de \(a\) na equação \((II)\), o valor de \(b\) é:

\(\Longrightarrow 2a+b=1\)

\(\Longrightarrow 2\cdot 1+b=1\)

\(\Longrightarrow b=-1\)


Substituindo os valores de \(a\) e \(b\) na equação \((III)\), o valor de \(c\) é:

\(\Longrightarrow 3a+b+c=0\)

\(\Longrightarrow 3\cdot 1-1+c=0\)

\(\Longrightarrow 2+c=0\)

\(\Longrightarrow c=-2\)


Finalmente, substituindo os coeficientes conhecidos na equação \((1,1,0)=a \cdot u + b \cdot v + c \cdot w\), a solução do exercício é:

\(\Longrightarrow \fbox {$ (1,1,0)=u - v -2 w $}\)

User badge image

rosiane

Há mais de um mês

qual é a resposta

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas