A maior rede de estudos do Brasil

Explique por que os IAMs de artéria coronária direita geralmente cursam com arritmias


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

As taquiarritmias ventriculares ocorrem mais comumente no início da isquemia, e os pacientes com infarto agudo do miocárdio e arritmias ventriculares são um grupo com risco significativamente aumentado de mortalidade.


A AV é mais frequente naqueles com choque cardiogênico, relacionados para o tamanho do infarto. Uma predisposição genética para VA no contexto de isquemia também pode existir. O MI agudo é caracterizado histopatologicamente por necrose coagulativa do miocárdio. Em um infarto do miocárdio sem reperfusão, isso é observado em 30 a 40 minutos de isquemia sustentada, com as alterações apenas visíveis na microscopia eletrônica de resolução.


Assim, a artéria do no sinusal e AV são ramos da CD. O advento das unidades coronarianas e da terapia de reperfusão precoce diminuiu substancialmente as taxas de mortalidade intra-hospitalar e melhorou o desfecho em sobreviventes da fase aguda do infarto do miocárdio.

As taquiarritmias ventriculares ocorrem mais comumente no início da isquemia, e os pacientes com infarto agudo do miocárdio e arritmias ventriculares são um grupo com risco significativamente aumentado de mortalidade.


A AV é mais frequente naqueles com choque cardiogênico, relacionados para o tamanho do infarto. Uma predisposição genética para VA no contexto de isquemia também pode existir. O MI agudo é caracterizado histopatologicamente por necrose coagulativa do miocárdio. Em um infarto do miocárdio sem reperfusão, isso é observado em 30 a 40 minutos de isquemia sustentada, com as alterações apenas visíveis na microscopia eletrônica de resolução.


Assim, a artéria do no sinusal e AV são ramos da CD. O advento das unidades coronarianas e da terapia de reperfusão precoce diminuiu substancialmente as taxas de mortalidade intra-hospitalar e melhorou o desfecho em sobreviventes da fase aguda do infarto do miocárdio.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

As taquiarritmias ventriculares ocorrem mais comumente no início da isquemia, e os pacientes com infarto agudo do miocárdio e arritmias ventriculares são um grupo com risco significativamente aumentado de mortalidade.


A AV é mais frequente naqueles com choque cardiogênico, relacionados para o tamanho do infarto. Uma predisposição genética para VA no contexto de isquemia também pode existir. O MI agudo é caracterizado histopatologicamente por necrose coagulativa do miocárdio. Em um infarto do miocárdio sem reperfusão, isso é observado em 30 a 40 minutos de isquemia sustentada, com as alterações apenas visíveis na microscopia eletrônica de resolução.


Assim, a artéria do no sinusal e AV são ramos da CD. O advento das unidades coronarianas e da terapia de reperfusão precoce diminuiu substancialmente as taxas de mortalidade intra-hospitalar e melhorou o desfecho em sobreviventes da fase aguda do infarto do miocárdio.

User badge image

EZEQUIEL

Há mais de um mês

A arteria do no sinusal e AV sao ramos da CD

User badge image

Andre

Há mais de um mês

As taquiarritmias ventriculares ocorrem mais comumente no início da isquemia, e os pacientes com infarto agudo do miocárdio e arritmias ventriculares são um grupo com risco significativamente aumentado de mortalidade.


A AV é mais frequente naqueles com choque cardiogênico, relacionados para o tamanho do infarto. Uma predisposição genética para VA no contexto de isquemia também pode existir. O MI agudo é caracterizado histopatologicamente por necrose coagulativa do miocárdio. Em um infarto do miocárdio sem reperfusão, isso é observado em 30 a 40 minutos de isquemia sustentada, com as alterações apenas visíveis na microscopia eletrônica de resolução.


Assim, a artéria do no sinusal e AV são ramos da CD. O advento das unidades coronarianas e da terapia de reperfusão precoce diminuiu substancialmente as taxas de mortalidade intra-hospitalar e melhorou o desfecho em sobreviventes da fase aguda do infarto do miocárdio.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas