A maior rede de estudos do Brasil

O balanço tem por finalidade apresentar a posição financeira e patrimonial da empresa em determinada data, representando, portanto, uma posição estáti

O balanço tem por finalidade apresentar a posição financeira e patrimonial da empresa em determinada data, representando, portanto, uma posição estática. No balanço as contas serão classificadas segundo os elementos do patrimônio que registrem e agrupadas de modo a facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira da companhia. Qual das alternativas abaixo integra, de forma mais completa, a afirmação trazida no enunciado da questão?  (Ref.: 201607152081)
1 ponto
 

 

    Este conhecimento precisa ser depurado, pois nem sempre é possível avaliar os bens, direitos e obrigações de uma pessoa jurídica
    É preciso que hajam bons e confiaveis controles internos para o sucesso desta operação.
    Esta afirmação somente acontecerá se o contador conhecer a empresa
    No Brasil, as Normas Brasileiras de Contabilidade (NBC) sempre mencionam as demonstrações contábeis e os Princípios Fundamentais de Contabilidade, diferente do que esta na LSA.
    Devem ser observados, na elaboração do Balanço Patrimonial da empresa, os aspectos legais previstos na legislação societária. O Ativo compreende as aplicações de recursos, cujo conceito básico das contas representa os bens e direitos pertencentes à empresa. O Passivo compreende todas as contas de obrigação com terceiros e o Patrimônio Líquido, representando a diferença entre Ativo e Passivo, é composto de todas as contas pertencentes aos proprietários.

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Nesta questão, é importante o conhecimento do Balanço Patrimonial, mais espeficicamente, dos elementos que o constituem.

Balanço Patrimonial é a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, a posição patrimonial e financeira da Entidade, e nele, as contas deverão ser classificadas segundo os elementos do patrimônio que registrem e agrupadas de modo a facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira da empresa.

De acordo com o § 1º do artigo 176 da Lei 6.404/76, as demonstrações de cada exercício serão publicadas com a indicação dos valores correspondentes das demonstrações do exercício anterior, para fins de comparação.

O Balanço Patrimonial é constituído por:

  • Ativo: compreende os bens, os direitos e as demais aplicações de recursos controlados pela entidade, capazes de gerar benefícios econômicos futuros, originados de eventos ocorridos;
  • Passivo: compreende as origens de recursos representados pelas obrigações para com terceiros, resultantes de eventos ocorridos que exigirão ativos para a sua liquidação; e
  • Patrimônio Líquido: compreende os recursos próprios da Entidade, e seu valor é a diferença positiva entre o valor do Ativo e o valor do Passivo.

Quanto ao agrupamento, os elementos da mesma natureza e os saldos de reduzido valor quando agrupados, e desde que seja indicada a sua natureza e nunca devem ultrapassar, no total, um décimo do valor do respectivo grupo de contas, sendo vedada a utilização de títulos genéricos como "diversas contas" ou "contas correntes".


Portanto, a alternativa correta é "Devem ser observados, na elaboração do Balanço Patrimonial da empresa, os aspectos legais previstos na legislação societária. O Ativo compreende as aplicações de recursos, cujo conceito básico das contas representa os bens e direitos pertencentes à empresa. O Passivo compreende todas as contas de obrigação com terceiros e o Patrimônio Líquido, representando a diferença entre Ativo e Passivo, é composto de todas as contas pertencentes aos proprietários".

Nesta questão, é importante o conhecimento do Balanço Patrimonial, mais espeficicamente, dos elementos que o constituem.

Balanço Patrimonial é a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, a posição patrimonial e financeira da Entidade, e nele, as contas deverão ser classificadas segundo os elementos do patrimônio que registrem e agrupadas de modo a facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira da empresa.

De acordo com o § 1º do artigo 176 da Lei 6.404/76, as demonstrações de cada exercício serão publicadas com a indicação dos valores correspondentes das demonstrações do exercício anterior, para fins de comparação.

O Balanço Patrimonial é constituído por:

  • Ativo: compreende os bens, os direitos e as demais aplicações de recursos controlados pela entidade, capazes de gerar benefícios econômicos futuros, originados de eventos ocorridos;
  • Passivo: compreende as origens de recursos representados pelas obrigações para com terceiros, resultantes de eventos ocorridos que exigirão ativos para a sua liquidação; e
  • Patrimônio Líquido: compreende os recursos próprios da Entidade, e seu valor é a diferença positiva entre o valor do Ativo e o valor do Passivo.

Quanto ao agrupamento, os elementos da mesma natureza e os saldos de reduzido valor quando agrupados, e desde que seja indicada a sua natureza e nunca devem ultrapassar, no total, um décimo do valor do respectivo grupo de contas, sendo vedada a utilização de títulos genéricos como "diversas contas" ou "contas correntes".


Portanto, a alternativa correta é "Devem ser observados, na elaboração do Balanço Patrimonial da empresa, os aspectos legais previstos na legislação societária. O Ativo compreende as aplicações de recursos, cujo conceito básico das contas representa os bens e direitos pertencentes à empresa. O Passivo compreende todas as contas de obrigação com terceiros e o Patrimônio Líquido, representando a diferença entre Ativo e Passivo, é composto de todas as contas pertencentes aos proprietários".

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas