A maior rede de estudos do Brasil

No instante t = -250/6 µs uma tensão senoidal é zero e está aumentando. O próximo zero da tensão acontece em t = 1250/6 µs e, em t = 0, ela possui val

Circuitos IIUNIUBE

1 resposta(s)

User badge image

Cesar

Há mais de um mês

 

v(t) = vmax sin(2pi f t) 

f=1/T em que f é frequencia e T periodo 
o tempo entre dois zeros é metade do periodo assim sendo T= 2(1250/6 + 250/6) = 500 µs 

f=1/500 µs 

f=2000Hz 

v(t) = vmax sin(2pi 2000 (t+1/24000)) 

em t=0 v(0)=75 volts vamos calcular vmax 

75= vmax sin(4000 pi (1/24000)) 

75=vmax sin(0,166666667 pi) 

vmax= 75/sin(0,166666667pi) 

vmax= 150 volt 

temos entao finalmente a equacao da tensao 

v(t) = 150 sin(4000 π (t+1/24000)) 


b) O valor, em módulo, da reatância do indutor. 
indutor 2mH = 2*10⁻³ 
XL=2πfL 

XL=2π*2000*2*10⁻³ = 25,132741229 ohm

 

v(t) = vmax sin(2pi f t) 

f=1/T em que f é frequencia e T periodo 
o tempo entre dois zeros é metade do periodo assim sendo T= 2(1250/6 + 250/6) = 500 µs 

f=1/500 µs 

f=2000Hz 

v(t) = vmax sin(2pi 2000 (t+1/24000)) 

em t=0 v(0)=75 volts vamos calcular vmax 

75= vmax sin(4000 pi (1/24000)) 

75=vmax sin(0,166666667 pi) 

vmax= 75/sin(0,166666667pi) 

vmax= 150 volt 

temos entao finalmente a equacao da tensao 

v(t) = 150 sin(4000 π (t+1/24000)) 


b) O valor, em módulo, da reatância do indutor. 
indutor 2mH = 2*10⁻³ 
XL=2πfL 

XL=2π*2000*2*10⁻³ = 25,132741229 ohm

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes