A maior rede de estudos do Brasil

Qual classe das imunoglobulinas sintetizada pelos linfócitos B que é responsável pela sensibilização de mastócitos nas hipersensibilidades imediatas?

ImunologiaUFPA

3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os linfócitos são as únicas células do sistema imune que apresentam receptores específicos para os antígenos. No caso dos linfócitos B, os receptores de antígeno são moléculas de Imunoglobulina (Ig), que se encontram imersas na membrana da célula em repouso (naive). Estas Igs, após a ativação dos Linfócitos B por LT auxiliares, serão secretadas pelos plasmócitos, linfócitos B que se diferenciam em células secretoras.


Nos linfócitos B em repouso, estas Igs estão distribuídas de forma homogênea na superfície celular. Quando estas Igs reconhecem um antígeno, estas moléculas aglutinam em regiões diferentes da célula, fenômeno ao qual se dá o nome de patching.


Os linfócitos B possuem receptores de membrana que são moléculas de Igs de diferentes classes. Todas as Igs são formadas por 4 cadeias polipeptídicas, sendo que duas destas cadeias apresentam um PM mais alto, devido a sua estrutura que é composta de 450 resíduos de aminoácidos e são chamadas de cadeias pesadas e as outras duas, denominadas de cadeias leves, apresentam 212 resíduos de aminoácidos e por isso um PM mais baixo.

Os linfócitos são as únicas células do sistema imune que apresentam receptores específicos para os antígenos. No caso dos linfócitos B, os receptores de antígeno são moléculas de Imunoglobulina (Ig), que se encontram imersas na membrana da célula em repouso (naive). Estas Igs, após a ativação dos Linfócitos B por LT auxiliares, serão secretadas pelos plasmócitos, linfócitos B que se diferenciam em células secretoras.


Nos linfócitos B em repouso, estas Igs estão distribuídas de forma homogênea na superfície celular. Quando estas Igs reconhecem um antígeno, estas moléculas aglutinam em regiões diferentes da célula, fenômeno ao qual se dá o nome de patching.


Os linfócitos B possuem receptores de membrana que são moléculas de Igs de diferentes classes. Todas as Igs são formadas por 4 cadeias polipeptídicas, sendo que duas destas cadeias apresentam um PM mais alto, devido a sua estrutura que é composta de 450 resíduos de aminoácidos e são chamadas de cadeias pesadas e as outras duas, denominadas de cadeias leves, apresentam 212 resíduos de aminoácidos e por isso um PM mais baixo.

User badge image

Cynthia

Há mais de um mês

Os linf B vão se diferenciar em plasmócitos e liberar IgE, estes responsáveis pela hipersensibilidade imediata, pois irão se ligar nos mastócitos

User badge image

Victor

Há mais de um mês

IgE. Lembrando que quem produz imunoglobulinas são os plasmócitos, que nada mais são que linfócitos B diferenciados, e que os eosinófilos também são sensibilizados, afinal também possuem receptor para IgE.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas