A maior rede de estudos do Brasil

Plano de recuperação judicial

Dona Dilma, costureira de mão cheia, fabrica e vende sozinha o que costura na frente de sua casa. Recentemente, com a crise, Dona Dilma não está conseguindo pagar seus fornecedores, e muitos deles estão cobrando os cheques emitidos por ela que estão voltando sem fundos. Diante do exposto, pergunta-se: De acordo com a Teoria da empresa, Dona Dilma está sujeita à aplicação da lei 11.101/05, que trata dos institutos de recuperação e falência? Justifique.

Direito Empresarial III

Humanas / Sociais


2 resposta(s)

User badge image

Naiara Sanches

Há mais de um mês

Não, pois Dona Dilma não exerce atividade econômica organizada e sim atividade simples. Para que se aplique a lei de falência é necessário que ocorra atividade empresarial.

Não, pois Dona Dilma não exerce atividade econômica organizada e sim atividade simples. Para que se aplique a lei de falência é necessário que ocorra atividade empresarial.

User badge image

Henrique Paduan

Há mais de um mês

Sim, Dona Dilma está sujeita à aplicação da Lei 11.101/05, uma vez que o objeto da referida é a regulação da recuperação judicial ou extrajudicial e a falênca do empresário e da sociedade empresária. Neste sentido, determina o artigo 1º da referida lei:

Art. 1º Esta Lei disciplina a recuperação judicial, a recuperação extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade empresária, doravante referidos simplesmente como devedor.

Desse modo, empresário é aquele que explora a empresa, sendo esta a atividade econômica organizada. Assim, Dona Dilma, apesar de não estar formalmente constituída, configura-se como Empresário.

Neste sentido, preenchendo os requisitos e ditames da lei, Dona Dilma poderá passar pelo processo de falência ou mesmo pela recuperação judicial.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes