A maior rede de estudos do Brasil

ajuda com portfólio unopar contabilidade comercial

a) Descreva e dê exemplos sobre como deve ser reconhecido no Balanço
Patrimonial um Ativo Realizável a Longo Prazo.
b) Esclareça qual a diferença entre o Investimento e o Imobilizado, como pode
ser definido contabilmente um imobilizado e um investimento.
c) Explique o que é um Ativo Intangível. Exemplifique como pode ser
mensurado um Ativo Intangível.

agradeço a quem poder me ajudar pois não entendi muito sobre essa questão


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

a) São classificáveis no Realizável a Longo Prazo contas com as mesmas características do Ativo Circulante mas que tenham sua efetuação certa ou no mínimo provável depois do fim do exercício seguinte, o que, geralmente, quer dizer realização num prazo acima de um ano a partir do próprio balanço. Ele faz parte do ativo não circulante e temos como exemplo  as aplicações financeiras de longo prazo que sao aplicações que a empresa realiza, mas que só terá o direito de retirar o dinheiro aplicado após um prazo de 12 meses. 


b) 

No grupo Investimentos são classificadas as aplicações e participações financeiras de natureza permanente, cujo o objejtivo e o de gerar renda para a empresa fazendo com que esses bens e direitos não sejam utilizados à manutenção das atividades normais da companhia. Essa conta faz parte do ativo não circulante. 

Já o Ativo Imobilizado é o conjunto de bens  usados na manutenção das atividades da empresa, caracterizados por apresentar-se na forma tangível (edifícios, máquinas, etc.). 

Assim, no grupo Investimentos são classificadas as aplicações e participações financeiras de natureza permanente, cujo o objejtivo e o de gerar renda para a empresa fazendo com que esses bens e direitos não sejam utilizados à manutenção das atividades normais da companhia e o Ativo Imobilizado é o conjunto de bens  usados na manutenção das atividades da empresa, caracterizados por apresentar-se na forma tangível.


c) 

Os  "ativos intangíveis" são ativos que não têm existência física. Por  exemplo : os direitos de exploração de serviços públicos mediante concessão ou permissão do Poder Público, marcas e patentes, direitos autorais adquiridos, softwares e o fundo de comércio adquirido.

Ele é contabilizado da seguinte forma:

  • provável geração de benefícios futuros;
  • custo mensurado com confiabilidade.

 

Fonte:http://www.portaldecontabilidade.com.br/tematicas/ativo-realizavel-a-longo-prazo.htm

a) São classificáveis no Realizável a Longo Prazo contas com as mesmas características do Ativo Circulante mas que tenham sua efetuação certa ou no mínimo provável depois do fim do exercício seguinte, o que, geralmente, quer dizer realização num prazo acima de um ano a partir do próprio balanço. Ele faz parte do ativo não circulante e temos como exemplo  as aplicações financeiras de longo prazo que sao aplicações que a empresa realiza, mas que só terá o direito de retirar o dinheiro aplicado após um prazo de 12 meses. 


b) 

No grupo Investimentos são classificadas as aplicações e participações financeiras de natureza permanente, cujo o objejtivo e o de gerar renda para a empresa fazendo com que esses bens e direitos não sejam utilizados à manutenção das atividades normais da companhia. Essa conta faz parte do ativo não circulante. 

Já o Ativo Imobilizado é o conjunto de bens  usados na manutenção das atividades da empresa, caracterizados por apresentar-se na forma tangível (edifícios, máquinas, etc.). 

Assim, no grupo Investimentos são classificadas as aplicações e participações financeiras de natureza permanente, cujo o objejtivo e o de gerar renda para a empresa fazendo com que esses bens e direitos não sejam utilizados à manutenção das atividades normais da companhia e o Ativo Imobilizado é o conjunto de bens  usados na manutenção das atividades da empresa, caracterizados por apresentar-se na forma tangível.


c) 

Os  "ativos intangíveis" são ativos que não têm existência física. Por  exemplo : os direitos de exploração de serviços públicos mediante concessão ou permissão do Poder Público, marcas e patentes, direitos autorais adquiridos, softwares e o fundo de comércio adquirido.

Ele é contabilizado da seguinte forma:

  • provável geração de benefícios futuros;
  • custo mensurado com confiabilidade.

 

Fonte:http://www.portaldecontabilidade.com.br/tematicas/ativo-realizavel-a-longo-prazo.htm

User badge image

André

Há mais de um mês

No ativo não circulante são classificados as contas que serão realizadas em até 12 mesês.

O Art.  Inc II da Lei 6404 versa sobre: 179

"Os direitos realizáveis após o término do exercício seguinte, assim como os derivados de vendas, adiantamentos ou empréstimos a sociedades coligadas ou controladas (artigo 243), diretores, acionistas ou participantes no lucro da companhia, que não constituírem negócios usuais na exploração do objeto da companhia.”

Os grupos de contas do Exigivel a longo prazo são classificadas em sub-grupos: Ativo Realizável a Longo Prazo, Investimentos, Imobilizado e Intangível.
Há situações que uma mesma conta pode ser escriturada tanto no circulante como no não circulante, exemplo: conta clientes (tudo que for amortizado em até 12 meses ou termino do exercircio seguinte é curto prazo, o que passar classifica no longo prazo).

No meu entendimento, investimento é toda aquisição que estará ligado a sua atividade de produção, ligado diretamente ao produto, pode ser um terreno, imovel, maquinas, veiculos e afins, os demais ativos que são imobilizado. (ambos conceitos são motivos de muitas discussões)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas