A maior rede de estudos do Brasil

2)Suponha que o GDF pretenda fazer inspeções anuais em veículos , para tanto , pretenda criar uma fonte para remunerar tal serviço público.

Assim, a remuneração do serviço referido acima deverá vir da criação de um imposto?

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Tributos vinculados são aqueles cuja hipótese de incidência consiste numa atuação estatal, e tributos não-vinculados são aqueles cuja hipótese é um fato de relevância econômica desvinculado de qualquer atuação do Estado.

No primeiro grupo temos as taxas e as contribuições de melhoria e no segundo grupo, os impostos.

Como os impostos têm natureza de tributo não-vinculado, a obrigação de pagar não deve decorrer de uma atuação estatal específica. Por esse motivo, imposto não é o tributo adequado para remunerar os serviços de inspeções anuais em veículos.

Já a taxa é o tributo que tem como fato gerador o exercício regular do poder de polícia, ou a utilização, efetiva ou potencial, de serviço público específico e divisível, prestado ao contribuinte ou posto à sua disposição. Devem ser criadas para arcar com os serviços ut singuli (específicos, divisíveis) e não com os serviços ut universi, os quais devem ser remunerados por imposto.

Desta forma, o tributo adequado para remunerar o serviço citado é a taxa.

Tributos vinculados são aqueles cuja hipótese de incidência consiste numa atuação estatal, e tributos não-vinculados são aqueles cuja hipótese é um fato de relevância econômica desvinculado de qualquer atuação do Estado.

No primeiro grupo temos as taxas e as contribuições de melhoria e no segundo grupo, os impostos.

Como os impostos têm natureza de tributo não-vinculado, a obrigação de pagar não deve decorrer de uma atuação estatal específica. Por esse motivo, imposto não é o tributo adequado para remunerar os serviços de inspeções anuais em veículos.

Já a taxa é o tributo que tem como fato gerador o exercício regular do poder de polícia, ou a utilização, efetiva ou potencial, de serviço público específico e divisível, prestado ao contribuinte ou posto à sua disposição. Devem ser criadas para arcar com os serviços ut singuli (específicos, divisíveis) e não com os serviços ut universi, os quais devem ser remunerados por imposto.

Desta forma, o tributo adequado para remunerar o serviço citado é a taxa.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas