A maior rede de estudos do Brasil

Qual a função do Linfocito T CD8?

ImunologiaIESP

4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os linfócitos T CD8+ têm ação citolítica, ou seja, são capazes de destruir células que carreguem na superfície peptídeos que eles reconheçam como estranhos e aos quais se liguem especificamente. Existem dois mecanismos principais responsáveis pela morte dessas células por esses linfócitos.


O primeiro mecanismo envolve a formação de poros nas membranas e com isso ocorre a entrada de íons e água na célula. O segundo, envolve a apoptose, que é a morte celular programada.


Para que isso ocorra o linfócito T CD8+ ativado produz duas proteínas envolvidas nesse processo. São elas a perforina e a granzima. Essas proteínas se concentram em grânulos citoplasmáticos ligados à membrana. As membranas do linfócito e da célula alvo se fundem e, por um processo de exocitose, o linfócito T CD8+ transfere o conteúdo desses grânulos que levam à lise celular. A perforina é uma proteína formadora de poros em membrana celular e as granzimas são serino-proteases que entram na célula alvo através dos poros formados pela perforina e induzem a apoptose.


Portanto, a função dos linfócitos T CD8+ são a eliminação de células infectadas por parasitas intracelulares, nominalmente os vírus.

Fontes:

  • https://www.biomedicinapadrao.com.br/2013/05/como-os-linfocitos-t-cd8-matam-as.html. Acesso em 11 de julho de 2018;
  • https://pt.wikipedia.org/wiki/Linf%C3%B3cito_T. Acesso em 11 de julho de 2018.

Os linfócitos T CD8+ têm ação citolítica, ou seja, são capazes de destruir células que carreguem na superfície peptídeos que eles reconheçam como estranhos e aos quais se liguem especificamente. Existem dois mecanismos principais responsáveis pela morte dessas células por esses linfócitos.


O primeiro mecanismo envolve a formação de poros nas membranas e com isso ocorre a entrada de íons e água na célula. O segundo, envolve a apoptose, que é a morte celular programada.


Para que isso ocorra o linfócito T CD8+ ativado produz duas proteínas envolvidas nesse processo. São elas a perforina e a granzima. Essas proteínas se concentram em grânulos citoplasmáticos ligados à membrana. As membranas do linfócito e da célula alvo se fundem e, por um processo de exocitose, o linfócito T CD8+ transfere o conteúdo desses grânulos que levam à lise celular. A perforina é uma proteína formadora de poros em membrana celular e as granzimas são serino-proteases que entram na célula alvo através dos poros formados pela perforina e induzem a apoptose.


Portanto, a função dos linfócitos T CD8+ são a eliminação de células infectadas por parasitas intracelulares, nominalmente os vírus.

Fontes:

  • https://www.biomedicinapadrao.com.br/2013/05/como-os-linfocitos-t-cd8-matam-as.html. Acesso em 11 de julho de 2018;
  • https://pt.wikipedia.org/wiki/Linf%C3%B3cito_T. Acesso em 11 de julho de 2018.
User badge image

Sérgio

Há mais de um mês

 O T Citotóxico CD8, é especialista em reconhecer e destruir células do organismo que estejam alteradas, impedindo-as de se multiplicar. Ocorre com as células que estão infectadas por vírus. Esses linfócitos também atacam células que sejam estranhas ao organismo da pessoa, sendo um dos principais vilões no transplante de órgãos.
Espero ter ajudado!

User badge image

Frederico

Há mais de um mês

ala ai galera blz
alguem mais pegou dp em imunologia ou outra materia enfim
borá fazer um grupo de estudo troca de materia etc
deixa o tel ai que vou montar

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas