A maior rede de estudos do Brasil

Qual o prazo para contestação no juizado especial?

Pessoa física ajuizou ação no juizado especial por cobrança de valor inferior a 20 salários mínimos. Foi designada audiência de conciliação e mediação. Ambas as partes compareceram, mas a tentativa de conciliação restou infrutífera. A Juíza então concedeu prazo de 10 dias para a parte contestar. O prazo fixado pela juíza está correto?


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para respondermos essa questão serão necessários conhecimentos em direito.


Como esse prazo ainda não foi padronizado de acordo com a lei 9.099 ele pode ser de até no máximo o dia da data de da audiência de instrução.

Para respondermos essa questão serão necessários conhecimentos em direito.


Como esse prazo ainda não foi padronizado de acordo com a lei 9.099 ele pode ser de até no máximo o dia da data de da audiência de instrução.

User badge image

Beatriz

Há mais de um mês

Ao meu ver não está correto. A contestação, nos Juizados Especiais Cíveis, deve ser apresentada na audiência de conciliação, sob pena de revelia, salvo melhor juízo.
O novo Código de Processo Civil, todavia, vem acender uma luz nessa questão, recomendando que, por aplicação subsidiária, seja acolhida nos Juizados Especiais. Segundo seu o art. 335, I, o réu poderá oferecer contestação NO PRAZO DE 15 DIAS A CONTAR DA AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO OU DE MEDIAÇÃO.

User badge image

Luis

Há mais de um mês

A concessão de prazo para apresentação da constestação encontra amparo no parágrafo único c/c caput do art. 27, da Lei nº 9.099/1995, desde que não seja possível a realização da AIJ de modo imediato e resulte em prejuízo para a defesa. Desse modo, a AIJ será desingada para um dos quinze dias subsequentes a data de realização da audiência de conciliação/mediação.

Além disso, o Enunciado nº 10, do Fonaje, prevê que a contestação poderá ser apresentada até a audiência de instrução e julgamento, uma vez que há possibilidade de realização em data diversa (art. 27).

Assim, a concessão do prazo de 10 (dez) dias para a apresentação da defesa é correta.

Abç.

User badge image

Matheus

Há mais de um mês

Amigos, Boa tarde

Venho atualizá-los com a recente decisão emanada pela Turma Recursal de Jundiái, competende a julgar o caso proposto acima.
No julgamento, a turma decidiu como incorreta a aplicação de prazo diverso ao que preconiza o CPC. O prazo de 15 dias para contestar é prazo peremptório, não podendo haver modificação, seja pela parte, seja pelo juízo. Logo, não havendo prazo previsto para a contestação na lei do juizado especial, e sendo o CPC norma processual geral, aplica-se o prazo nela previsto.

 

Decisão

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas