A maior rede de estudos do Brasil

A apreciação ergonômica é composta pela caracterização e posição serial do sistema e a modelagem comunicacional. Descreva quais os itens que compõem a


2 resposta(s)

User badge image

Lhuana Jesus

Há mais de um mês

A caracterização e posição serial do sistema é composta pelos seguintes itens: sistema alvo, meta do sistema, requisitos do sistema, restrições do sistema; entradas e saídas.

Meta do sistema: Compreende o propósito, a missão principal, a função básica do sistema – o “para que serve o sistema”. É por onde se começa a análise do sistema em operação – do “o que é o sistema”. A meta define determinantes para o desempenho do sistema.

Requisitos do sistema: Características que o sistema deve ter para que se atinjam as metas. Consistem em definições qualitativas e, sempre que possível, quantitativas. Os requisitos derivam da meta e estão em oposição aos problemas, já que são justamente os problemas que prejudicam o atingir da meta. A consecução dos requisitos implica o desempenho de determinadas funções.

Restrições do sistema: Influências do ambiente no sistema sobre as quais não se tem controle, ou nada podem ser feitas para alterá-las e que afetarão o funcionamento, a obtenção e, consequentemente, os resultados do sistema. É possível que uma limitação imposta ou uma restrição atue por um certo tempo no desenvolvimento do sistema, mas, em algum momento, cesse de afetar o sistema, seja pelo seu desaparecimento ou mudança. A restrição funciona como um impeditivo à implementação das funções e, consequentemente, à consecução dos requisitos.

Entradas: Entradas (recursos) são o conjunto de objetos fornecidos ao sistema para que sua existência seja preservada e seus objetivos sejam atingidos. Entradas ou insumos (inputs) compreende tudo o que ingressa no sistema para fazê-lo funcionar – caracterizam as forças que fornecem ao sistema o material, os dados, a informação e a energia para a operação ou processo.

Saídas:  Correspondem aos resultados do processo de transformação das entradas. As entradas devidamente processadas e convertidas em resultados são exportadas de novo para o ambiente, na forma de informações, produtos, serviços ou novos comportamentos. As saídas devem apresentar coerência com a meta do sistema.

 

A caracterização e posição serial do sistema é composta pelos seguintes itens: sistema alvo, meta do sistema, requisitos do sistema, restrições do sistema; entradas e saídas.

Meta do sistema: Compreende o propósito, a missão principal, a função básica do sistema – o “para que serve o sistema”. É por onde se começa a análise do sistema em operação – do “o que é o sistema”. A meta define determinantes para o desempenho do sistema.

Requisitos do sistema: Características que o sistema deve ter para que se atinjam as metas. Consistem em definições qualitativas e, sempre que possível, quantitativas. Os requisitos derivam da meta e estão em oposição aos problemas, já que são justamente os problemas que prejudicam o atingir da meta. A consecução dos requisitos implica o desempenho de determinadas funções.

Restrições do sistema: Influências do ambiente no sistema sobre as quais não se tem controle, ou nada podem ser feitas para alterá-las e que afetarão o funcionamento, a obtenção e, consequentemente, os resultados do sistema. É possível que uma limitação imposta ou uma restrição atue por um certo tempo no desenvolvimento do sistema, mas, em algum momento, cesse de afetar o sistema, seja pelo seu desaparecimento ou mudança. A restrição funciona como um impeditivo à implementação das funções e, consequentemente, à consecução dos requisitos.

Entradas: Entradas (recursos) são o conjunto de objetos fornecidos ao sistema para que sua existência seja preservada e seus objetivos sejam atingidos. Entradas ou insumos (inputs) compreende tudo o que ingressa no sistema para fazê-lo funcionar – caracterizam as forças que fornecem ao sistema o material, os dados, a informação e a energia para a operação ou processo.

Saídas:  Correspondem aos resultados do processo de transformação das entradas. As entradas devidamente processadas e convertidas em resultados são exportadas de novo para o ambiente, na forma de informações, produtos, serviços ou novos comportamentos. As saídas devem apresentar coerência com a meta do sistema.

 

User badge image

lourrayne fonseca

Há mais de um mês

oi alguem tem a materia selecionadas. para prova de empreenderismo

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes