A maior rede de estudos do Brasil

Ajudem me nessa questão de Direito Civil- Contratos por favor

QUESTÃO 1)

Brandon Stark celebra contrato de compra e venda de imóvel na condição de promitente comprador com Daenerys Targaryen, mediante o compromisso de pagamento do preço em 60 prestações. Em razão da celebração do contrato, o comprador imediatamente na posse do bem, passando a utiliza-lo como sua moradia. Ocorre que Stark pagou apenas 10 prestações obrigacionais, fazendo com que Targaryen propusesse ação judicial pleiteando pela extinção do contrato e a devolução do imóvel. No julgamento da referida ação, o judiciário declarou extinto o  contrato, determinando o retorno das partes ao estado anterior à celebração da compra e venda, bem como condenando Brandon Stark ao pagamento de valores a Daenerys Targaryen correspondentes ao uso do imóvel pelo período em que permaneceu em sua posse. Tendo em vista o enunciado e considerando a condenação do adquirente ao pagamento de indenização pelo uso do objeto contratual, assinale a alternativa correta;

  1. a) A condenação é correta a fim de evitar o enriquecimento sem causa do promitente comprador pelo uso do imóvel.
  2. b) A condenação é correta em razão da configuração do pagamento indevido na hipótese.
  3. c) A condenação é inadequada, pois o uso do imóvel decorreu da celebração de contrato entre as partes.
  4. d) A condenação é inadequada, uma vez que o pagamento de valores pelo uso do imóvel configuraria enriquecimento sem causa da vendedora.

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

GABARITO: LETRA A.

É que o descumprimento de obrigações gera a possibilidade de resolução do contrato, nos termos do art. 475, do CC:

"Art. 475. A parte lesada pelo inadimplemento pode pedir a resolução do contrato, se não preferir exigir-lhe o cumprimento, cabendo, em qualquer dos casos, indenização por perdas e danos."

Quanto à cobrança pelo uso do imóvel, também é correta a condenação, mas, no cálculo, deve ser considerado o valor já pago em razão da promessa de compra e venda, sob pena de enriquecimento ilícito do promitente-vendedor.

GABARITO: LETRA A.

É que o descumprimento de obrigações gera a possibilidade de resolução do contrato, nos termos do art. 475, do CC:

"Art. 475. A parte lesada pelo inadimplemento pode pedir a resolução do contrato, se não preferir exigir-lhe o cumprimento, cabendo, em qualquer dos casos, indenização por perdas e danos."

Quanto à cobrança pelo uso do imóvel, também é correta a condenação, mas, no cálculo, deve ser considerado o valor já pago em razão da promessa de compra e venda, sob pena de enriquecimento ilícito do promitente-vendedor.

User badge image

Lucas Cazaqui

Há mais de um mês

A resposta realmente é a a). Caso clássico de indenização por lucros cessantes. A ideia é que o vendedor  (Targaryen) teria prejuízo simplesmente devolvendo o dinheiro que recebeu do comprador (Stark), afinal, o magistrado determinou o "retorno das partes ao estado anterior à celebração da compra e venda". Daí a ideia dos lucros cessantes, que seriam o equivalente ao "aluguel" do imóvel pelo tempo que foi utilizado.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas