A maior rede de estudos do Brasil

De que modo a sociologia demonstrou que as desigualdades não são algo natural?

Sociologia e Informação

EE Osvaldo Candido Pereira


1 resposta(s)

User badge image

Stephanie Caroline Lima

Há mais de um mês

A sociologia surgiu depois da criação do positivismo, com o aluno de Augusto Comte, chamado Emile Durkheim. Este foi o primeiro a se denominar sociólogo, e usar os métodos de Comte para estudar várias coisas (religião, o capitalismo, suicídio, entre outros temas). Ele usava dados produzidos pelo Governo francês (que na época era uma república já). Mas Durkheim não estudava a desigualdade a partir da Economia, como fez Karl Marx, filósofo antes dele. E mesmo antes do positivismo, Marx conseguiu sintetizar em 2 volumes de livros os principais mecanismos de funcionamento do capitalismo, mostrando a produção da desigualdade: é um sistema econômico que sempre conta como desemprego para que as más condições de trabalho sejam consideradas menos importantes para o empregado que ter um emprego; é um sistema onde o valor das mercadorias não se baeia no custo real da sua produção somada aos salários dos empregados, mas sim no fetiche da mercadoria, e não paga proporcionalmente o trabalhador; há leis que são criadas (na época dele e agora) tentando diminuir as más condições de trabalho, mas ainda há pessoas que ganham centavos por dia, desde aquela época. Espero que isso te ajude. Se quiser saber mais, avisa que escrevo mais. Achei que é uma pergunta importante :)
A sociologia surgiu depois da criação do positivismo, com o aluno de Augusto Comte, chamado Emile Durkheim. Este foi o primeiro a se denominar sociólogo, e usar os métodos de Comte para estudar várias coisas (religião, o capitalismo, suicídio, entre outros temas). Ele usava dados produzidos pelo Governo francês (que na época era uma república já). Mas Durkheim não estudava a desigualdade a partir da Economia, como fez Karl Marx, filósofo antes dele. E mesmo antes do positivismo, Marx conseguiu sintetizar em 2 volumes de livros os principais mecanismos de funcionamento do capitalismo, mostrando a produção da desigualdade: é um sistema econômico que sempre conta como desemprego para que as más condições de trabalho sejam consideradas menos importantes para o empregado que ter um emprego; é um sistema onde o valor das mercadorias não se baeia no custo real da sua produção somada aos salários dos empregados, mas sim no fetiche da mercadoria, e não paga proporcionalmente o trabalhador; há leis que são criadas (na época dele e agora) tentando diminuir as más condições de trabalho, mas ainda há pessoas que ganham centavos por dia, desde aquela época. Espero que isso te ajude. Se quiser saber mais, avisa que escrevo mais. Achei que é uma pergunta importante :)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes