A maior rede de estudos do Brasil

qual a diferença entre obrigação incerta e ilíquida


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

Na obrigação incerta, não se sabe qual o objeto da obrigação em si, apesar de definida por gênero e quantidade, mas não pela qualidade.

Na obrigação ilíquida é possível determinar o objeto da prestação, mas não se quantificou ainda, apesar de possuir os parâmetros, os seus limites.

Na obrigação incerta, não se sabe qual o objeto da obrigação em si, apesar de definida por gênero e quantidade, mas não pela qualidade.

Na obrigação ilíquida é possível determinar o objeto da prestação, mas não se quantificou ainda, apesar de possuir os parâmetros, os seus limites.

User badge image

Cleverton

Há mais de um mês

OBRIGAÇÃO LÍQUIDA

        Considera-se líquida a obrigação certa, quanto à sua existência, edeterminada, quanto ao seu objeto. Essa modalidade é expressa por uma cifra, por um algarismo, quando se trata de dívida em dinheiro. Mas pode também ter por objeto a entrega ou restituição de outro objeto certo, como, por exemplo, um veículo ou determinada quantidade de cereal.

 

        OBRIGAÇÃO ILÍQUIDA

        A obrigação é ilíquida quando o seu objeto depende de prévia apuração, pois o valor ou montante apresenta-se incerto. Deve ela converter-se em obrigação líquida, para que possa ser cumprida pelo devedor. Essa conversão se obtém em juízo pelo processo de liquidação, quando a sentença não fixar o valor da condenação ou não lhe individualizar o objeto.

        Depreende-se do exposto que a sentença ilíquida não é incerta quanto à existência do crédito, mas somente quanto ao seu valor. A liquidação visaapurar apenas o quantum devido. Não se confunde com obrigação de dar coisa incerta, malgrado a semelhança observada em função da existência de incerteza, em ambas, sobre o objeto da prestação. Na obrigação de dar a coisa incerta, todavia, a incerteza nasce com a própria obrigação, sendo característica inerente à sua existência. Na obrigação ilíquida a incerteza não é originária, pois o devedor sabe o que deve, faltando apenas apurar o seu montante.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas