A maior rede de estudos do Brasil

Que tipo de cuidado de enfermagem deve se ter antes de se administrar um digitálico? Porquê?

Exemplo de digitálico: digoxina


5 resposta(s)

User badge image

Rogério Feliciano

Há mais de um mês

1 Verificar o pulso antes da administracao dos digitalicos, pois sao drogas que induzem a bradicardia;

02 - Se a frequencia cardiaca estiver igual ou abaixo de 60 batimentos por minuto, deve-se procurar orientacao medica;

03 - Averiguar qualquer sinal ou sintoma de intoxicacao digitalica (BAV-bloqueio atrioventricular), antes da administracao da droga;

04 - A administracao dos digitalicos deve seguir a prescricao do dia, apos a reavaliacao do paciente pelo medico;

05 - Manter vigilancia em relacao a diurese do paciente, pois e atraves da urina que os digitalicos sao eliminados. A estreita margem de seguranca e efeito cumulativo da droga favorecem a intoxicacao, se esta nao for adequadamente excretada.

06 - Colher e encaminhar amostra de sangue para dosagem periodica de potassio serico, conforme orientacao medica.

07 - Exceto em situacoes de emergencia, e indicada a administracao de digitalicos no periodo matutino, pois, em alguns pacientes, pode provocar insonia;

08 - A aplicacao endovenosa deve ser feita lentamente, observando-se as reacoes do paciente. Recomenda se que o paciente esteja monitorizado.

 

1 Verificar o pulso antes da administracao dos digitalicos, pois sao drogas que induzem a bradicardia;

02 - Se a frequencia cardiaca estiver igual ou abaixo de 60 batimentos por minuto, deve-se procurar orientacao medica;

03 - Averiguar qualquer sinal ou sintoma de intoxicacao digitalica (BAV-bloqueio atrioventricular), antes da administracao da droga;

04 - A administracao dos digitalicos deve seguir a prescricao do dia, apos a reavaliacao do paciente pelo medico;

05 - Manter vigilancia em relacao a diurese do paciente, pois e atraves da urina que os digitalicos sao eliminados. A estreita margem de seguranca e efeito cumulativo da droga favorecem a intoxicacao, se esta nao for adequadamente excretada.

06 - Colher e encaminhar amostra de sangue para dosagem periodica de potassio serico, conforme orientacao medica.

07 - Exceto em situacoes de emergencia, e indicada a administracao de digitalicos no periodo matutino, pois, em alguns pacientes, pode provocar insonia;

08 - A aplicacao endovenosa deve ser feita lentamente, observando-se as reacoes do paciente. Recomenda se que o paciente esteja monitorizado.

 

User badge image

Matheus Leonardo

Há mais de um mês

A verificação da frequencia cardíaca, pois trata-se de um cardiotônico/digitálico que faz a frequencia cardíaca cair, e se estiver abaixo de 60 batimentos em um minuto antes da administração da digoxina, não deve-se tomar.. 
Outra coisa são as intoxicações digitálicas, quando já está tomando a digoxina sendo este o mais importante problema associado com o uso dos glicosídeos cardíacos, onde é estreita margem de segurança, ou seja, a dose que produz efeito terapêutico está muito próxima à dose mínima tóxica. Com isso, o aparecimento da intoxicação digitálica é muito freqüente. 

A variação individual da sensibilidade do coração aos digitálicos torna dif’’icil atingir uma dose correta de manutenção para o paciente, especialmente quando as concentrações da droga próximas à toxicidade são necessárias para preencher as necessidades terapêuticas. 

As manifestações da intoxicação digitálica compreendem alterações neurológicas, gastrintestinais, cardiovasculares e outros efeitos adversos. 

Geralmente as alterações neurológicas e gastrintestinais precedem ao aparecimento das alterações cardíacas. 

As manifestações neurológicas estão relacionadas com percepção sensorial. Entre estas alterações, estão as do paladar, da percepção de cores (principalmente verde e amarelo) e no campo visual com uma vista turva são as mais freqüentes. Os pacientes também relatam cefaléias, tonturas, fraqueza, inquietação e fadiga. 

As manifestações gastrintestinais podem ocorrer em concentrações não tóxicas e as alterações mais comuns são anorexia (perda de apetite), náuseas e vômitos. 

As manifestações cardiovasculares são diversas e de maior importância pois podem provocar a morte do paciente se não identificada e tratada a tempo. 

As alterações mais comuns são modificações da freqüência e ritmo cardíaco. Batimentos ventriculares ausentes podem ser importantes sinais da toxicidade. 

A intoxicação digitálica também produz taquiarritimias. O aumento da atividade elétrica pode provocar extra-sístoles que freqüentemente indicam fibrilação ventricular iminente. É uma manifestação perigosa da intoxicação.

Outras alterações são mais raras e incluem lesões na pele, quadros de ginecomastias (desenvolvimento de glândulas mamárias no homem) e cornificação vaginal, além de alterações sangüíneas como alteração no tempo de coagulação e eosinofilia. 

User badge image

Rômulo C Ar

Há mais de um mês

Para um acadêmico de Ciência da Computação sua resposta é minimamente brilhante! Pois além de abordar o cuidado fundamental que é a aferição da frequência cardíaca, você menciona também a questão da intoxicação digitálica e de reações adversas que mais raramente também podem ocorrer.

Parabéns Matheus e obrigado!

abçs

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes