A maior rede de estudos do Brasil

Para que servem os neurotransmissores? Cite exemplos.

Qual a função dos neurotransmissores, e alguns exemplos.


3 resposta(s)

User badge image

Filipe Zimmer

Há mais de um mês

Definição

Os neurotransmissores são moléculas pequenas que na sua maioria s„o derivados de precursores de proteínas, eles são encontrados geralmente em vesÌculas pré-sinápticas neuronais. Os neurotransmissores são liberados na fenda sináptica e captados por terminais pós-sin·pticos (por meio de receptores localizados na membrana pós-sináptica) quando da passagem do impulso nervoso de uma célula para outra, o que chamamos de transmissão sináptica. De acordo com a propriedade funcional do neurotransmissor e do terminal pós-sináptico, os neurotransmissores são conhecidos por promovem respostas excitatórias ou inibitórias entre neurónios que se comunicam por sinapses químicas.

Função:

-FUNÇÃO SENSORIAL: que transmite sinais periféricas para quase todas as partes da medula espinhal, tronco cerebral, cerebelo e córtex;

- FUNÇÃO INTEGRATIVA: analisa a informação sensorial, armazena na memória para uso futuros ou respostas apropriadas

- FUNÇÃO MOTORA: conduz sinais neurais, com origem em todas as áreas centrais do sistema nervoso para os músculos e glândulas de todo o corpo

Exemplos:

Molécula transmissora
Derivada de
Local de síntese
Acetilcolina
Colina
SNC, nervos parasimpáticos
Serotonina 
5-Hidroxitriptamina (5-HT)
Triptofano
SNC, células cromafins do trato digestivo, células entéricas
GABA
Glutamato
SNC
Glutamato
 
SNC
Aspartato
 
SNC
Glicina
 
Espinha dorsal
Histamina
Histidina
Hipotálamo
Metabolismo 

da epinefrina

Tirosine
Medula adrenal, algumas células do SNC
Metabolismo da 

norepinefrina

Tirosina
SNC, nervos simpáticos
Metablolismo da 

dopamina

Tirosina
SNC
Adenosina
ATP
SNC, nervos periféricos
ATP
 
nervos simpáticos, sensoriais e entéricos
Óxido nítrico, NO
Arginina
SNC, trato gastrointestinal

Referências:

http://www.neurofisiologia.unifesp.br/neuromoduladores_nocaogeral_simonebittencourt.pdf

http://www.cerebromente.org.br/n12/fundamentos/neurotransmissores/nerves_p.html

 

Definição

Os neurotransmissores são moléculas pequenas que na sua maioria s„o derivados de precursores de proteínas, eles são encontrados geralmente em vesÌculas pré-sinápticas neuronais. Os neurotransmissores são liberados na fenda sináptica e captados por terminais pós-sin·pticos (por meio de receptores localizados na membrana pós-sináptica) quando da passagem do impulso nervoso de uma célula para outra, o que chamamos de transmissão sináptica. De acordo com a propriedade funcional do neurotransmissor e do terminal pós-sináptico, os neurotransmissores são conhecidos por promovem respostas excitatórias ou inibitórias entre neurónios que se comunicam por sinapses químicas.

Função:

-FUNÇÃO SENSORIAL: que transmite sinais periféricas para quase todas as partes da medula espinhal, tronco cerebral, cerebelo e córtex;

- FUNÇÃO INTEGRATIVA: analisa a informação sensorial, armazena na memória para uso futuros ou respostas apropriadas

- FUNÇÃO MOTORA: conduz sinais neurais, com origem em todas as áreas centrais do sistema nervoso para os músculos e glândulas de todo o corpo

Exemplos:

Molécula transmissora
Derivada de
Local de síntese
Acetilcolina
Colina
SNC, nervos parasimpáticos
Serotonina 
5-Hidroxitriptamina (5-HT)
Triptofano
SNC, células cromafins do trato digestivo, células entéricas
GABA
Glutamato
SNC
Glutamato
 
SNC
Aspartato
 
SNC
Glicina
 
Espinha dorsal
Histamina
Histidina
Hipotálamo
Metabolismo 

da epinefrina

Tirosine
Medula adrenal, algumas células do SNC
Metabolismo da 

norepinefrina

Tirosina
SNC, nervos simpáticos
Metablolismo da 

dopamina

Tirosina
SNC
Adenosina
ATP
SNC, nervos periféricos
ATP
 
nervos simpáticos, sensoriais e entéricos
Óxido nítrico, NO
Arginina
SNC, trato gastrointestinal

Referências:

http://www.neurofisiologia.unifesp.br/neuromoduladores_nocaogeral_simonebittencourt.pdf

http://www.cerebromente.org.br/n12/fundamentos/neurotransmissores/nerves_p.html

 

User badge image

Ariany Delia

Há mais de um mês

Neurotransmissores são substâncias químicas produzidas pelos neurônios, as células nervosas com a função de biossinalização. Por meio delas, podem enviar informações a outras células. Podem também estimular a continuidade de um impulso ou efetuar a reação final no órgão ou músculo alvo.

São exemplo de neurotransmissores a adrenalina, a noradrenalina, a dopamina, a serotonina, a acetilcolina e o ácido gama-aminobutírico.

 

User badge image

Thaís Coelho

Há mais de um mês

Neurotransmissores são substâncias químicas que se prestam para permitir o impulso nervoso de um neurônio a outro.
Os neurotransmissores são sintetizados no corpo celular do neurônio e são armazenados em vesículas sinápticas junto ao botão terminal das sinápses nervosas. Quando do impulso nervoso o neurotransmissor é liberado da vesícula sináptica para a fenda, agindo sobre os receptores específicos, que se localizam no outro neurônio após a sinápse (receptores pós-sinápticos).
Como a síntese de neurotransmissores ocorre constantemente, e em diferentes níveis celulares, se formam dois compartimentos ou “pools” de neuro-transmissores: o “pools lábil” ou recém sintetizado e o “pool fixo” ou estável. Após sua liberação, nas fendas sinápticas, o neurotransmissor pode ser metabolizado por enzimas específicas ou ser recapturado pela terminação sináptica e rearmazenado novamente nas vesículas sinápticas.
Os neurotransmissores podem ser dos seguintes tipos: Catecolamimas (Noradrenalina, Dopamina,), Indolamina (serotonina), Histamina, Acetilcolina e Ácido gama-amino-butirico “GABA”.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes