A maior rede de estudos do Brasil

o que é arguição de descumprimento de principio fundamental?

previsto na CF gostaria de saber qual artigo fala deste mecanismo jurídico o seu conceito quem pode propor e etc.


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Trata-se de um instrumento jurídico de proteção dos direitos e garantias fundamentais a ser utilizado perante o Supremo Tribunal Federal.

O objeto da arguição é evitar ou reparar lesão a preceito fundamental, resultante de ato do Poder Público. Os preceitos fundamentais são entendidos como os direitos e garantias fundamentais da Constituição, bem como os fundamentos e objetivos fundamentais da República.

Pode ser de dois tipos: arguição preventiva (evitar lesão) e arguição repressiva (reparar lesão).

As partes legitimadas para propor a argüição de descumprimento de preceito fundamental serão os legitimados para a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) sendo: a) o Presidente da República; b) a Mesa do Senado Federal; c) a Mesa da Câmara dos Deputados; d) a Mesa de Assembléia Legislativa; e) o Governador de Estado; f) a Mesa de Assembléia Legislativa ou da Câmara Legislativa do Distrito Federal; g) o Governador de Estado ou do Distrito Federal; h) o Procurador-Geral da República; i)  o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil; j) partido político com representação no Congresso Nacional; l) confederação sindical ou entidade de classe de âmbito nacional.

O referido instituto está previsto nos artigos 102, e 103 da CRFB, bem como na Lei nº 9.882/1999.

 

Trata-se de um instrumento jurídico de proteção dos direitos e garantias fundamentais a ser utilizado perante o Supremo Tribunal Federal.

O objeto da arguição é evitar ou reparar lesão a preceito fundamental, resultante de ato do Poder Público. Os preceitos fundamentais são entendidos como os direitos e garantias fundamentais da Constituição, bem como os fundamentos e objetivos fundamentais da República.

Pode ser de dois tipos: arguição preventiva (evitar lesão) e arguição repressiva (reparar lesão).

As partes legitimadas para propor a argüição de descumprimento de preceito fundamental serão os legitimados para a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) sendo: a) o Presidente da República; b) a Mesa do Senado Federal; c) a Mesa da Câmara dos Deputados; d) a Mesa de Assembléia Legislativa; e) o Governador de Estado; f) a Mesa de Assembléia Legislativa ou da Câmara Legislativa do Distrito Federal; g) o Governador de Estado ou do Distrito Federal; h) o Procurador-Geral da República; i)  o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil; j) partido político com representação no Congresso Nacional; l) confederação sindical ou entidade de classe de âmbito nacional.

O referido instituto está previsto nos artigos 102, e 103 da CRFB, bem como na Lei nº 9.882/1999.

 

User badge image

Jéssica

Há mais de um mês

Arguição:  Ação ou efeito de arguir (acusar ou denunciar). Ou seja, Arguir descumprimento de princípio fundamental. Significa dizer que, o descumprimento não se trata especificamente de uma inconstitucionalidade, tampouco de uma contrariedade à Constituição, MAS,  viola  a determinados preceitos, que são os fundamentais. A argüição de descumprimento de preceito fundamental constitui mais uma das formas de controle concentrado de constitucionalidade ( verificação de compatibilidade com a Constituição da norma como um todo),prevista no artigo 102, § 1º, da Constituição Federal.Com efeito, a arguição vem somar-se aos mecanismos assecuratórios do princípio da supremacia constitucional, com a particularidade de tutelar com especificidade a supremacia dos preceitos fundamentais da Carta Magna.




 

User badge image

Maykon

Há mais de um mês

Olá, Leandro! Existem duas condutas que devem ser expurgada do ordenamento jurídical, qual seja, as materias inconstitucionais e o descumprimento (que não é a mesma coisa de inconstitucionalidade, e sim, um pouco mais amplo) de preceito fundamental. Com isso, podemos avançar. O meio usado para retirar o descumprimento é a arguição de descumprimento de preceito fundamental, mais uma forma de controle concentrado de constitucionalidade (102, § 1º CF). Por fim, a arguição vem para assegurar, ou melhor, protejer os preceitos fundamentais, os princípios fundamentais, tutelar os preceitos constitucionais fundamentais. Espero ter ajudado!

User badge image

Ronie

Há mais de um mês

 

 

A arguição de descumprimento de preceito fundamental é o mecanismo mais pragmático para proteger a higidez do ordenamento jurídico, pois, quando todos os outros meios não sejam capaz de proteger os fundamentos lógico-jurídicos (espalhados na forma de normas e princípios) da Constituição Federal entra a ADPF.

 

Fonte:

http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=10158&revista_caderno=9

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas