A maior rede de estudos do Brasil

Explique democracia direta e indireta e sua relação com a proteção aos direitos humanos.

direta X indireta


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Júnior Oliveira Verified user icon

Há mais de um mês

A democracia direta tem berço na história mais remota. Desde, pelo menos, a Grécia Antiga, o povo se reunia na forma de assembleias para deliberar diretamente acerca das questões mais relevantes para a sociedade como um todo. Essas assembleias gregas ocorriam nas praças das cidades, chamas Ágoras, e ali eram debatidas as leis. Nessa época, no entanto, a democracia grega se restringia a apenas uma específica parcela da população, não sendo portanto universal.

Conforme o tempo foi passando, e as populações foram aumentando, a organização social foi se tornando mais e mais complexa, de modo que não mais se fazia viável, do ponto de vista organizacional, a reunião direta da população para resolução das mais variadas formas de conflito.

É nesse contexto de aumento populacional que surge a denominada democracia indireta, por meio da qual o povo, em vez de se reunir seguidas vezes para dirimir questões específicas, passa a se reunir, em regra, apenas para eleger representantes políticos, os quais, estes sim, deverão se reunir para deliberar leis, em nome dos eleitores, devendo atender seus anseios e visões político-sociais

Dessa forma, cabe aos representantes eleitos pelo povo, este o verdadeiro detentor do poder democrático, o papel de dar voz aos eleitores. No entanto, há que se ter compromisso com os direitos humanos e das minorias, ainda que a contragosto de alguns eleitores. Isso porque a democracia não deve der vista como o direito da maioria pura e simples, sob pena de tirania. Ainda que se vença através do número de votos, a proteção das minorias é decorrente da própria democracia, de modo que todos, sem exceção, são sujeitos de direito de proteção por parte do Estado.

A democracia direta tem berço na história mais remota. Desde, pelo menos, a Grécia Antiga, o povo se reunia na forma de assembleias para deliberar diretamente acerca das questões mais relevantes para a sociedade como um todo. Essas assembleias gregas ocorriam nas praças das cidades, chamas Ágoras, e ali eram debatidas as leis. Nessa época, no entanto, a democracia grega se restringia a apenas uma específica parcela da população, não sendo portanto universal.

Conforme o tempo foi passando, e as populações foram aumentando, a organização social foi se tornando mais e mais complexa, de modo que não mais se fazia viável, do ponto de vista organizacional, a reunião direta da população para resolução das mais variadas formas de conflito.

É nesse contexto de aumento populacional que surge a denominada democracia indireta, por meio da qual o povo, em vez de se reunir seguidas vezes para dirimir questões específicas, passa a se reunir, em regra, apenas para eleger representantes políticos, os quais, estes sim, deverão se reunir para deliberar leis, em nome dos eleitores, devendo atender seus anseios e visões político-sociais

Dessa forma, cabe aos representantes eleitos pelo povo, este o verdadeiro detentor do poder democrático, o papel de dar voz aos eleitores. No entanto, há que se ter compromisso com os direitos humanos e das minorias, ainda que a contragosto de alguns eleitores. Isso porque a democracia não deve der vista como o direito da maioria pura e simples, sob pena de tirania. Ainda que se vença através do número de votos, a proteção das minorias é decorrente da própria democracia, de modo que todos, sem exceção, são sujeitos de direito de proteção por parte do Estado.

User badge image

André

Há mais de um mês

A democracia direta é uma classificação da democracia na qual, os cidadãos não delegam o poder de decisão para outros (oque acontece na democracia indireta), e organizam-se através de assembléias gerais; podendo até delegar poderes a um representante, mas estes podem ser revogados pela assembléia geral a qualquer instante.

A democracia indireta, em contrapartida, o poder de decisão inerente ao cidadão é, indiretamente, transferido à um representante, que é eleito observando critérios legais previamente cominados.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas