quem sabe responder a esse estudo de caso ?

A professora Ana pertence ao quadro de docentes da Rede Estadual há 16 anos e solicitou à direção da sua escola que pudesse participar de um curso de formação continuada sobre “Tecnologia e sala de aula” no dia de sua permanência/hora atividade (período destinado à preparação de aulas, em que o professor não está em sala de aula com os alunos). A direção da escola negou, alegando que a professora deveria estar na escola neste período e que a temática não era condizente com a disciplina que lecionava: Língua Portuguesa. Ana foi até a sala de informática pesquisar o que diz a lei sobre a formação continuada do professor. QUESTÃO ORIENTADORA Sabendo que a formação continuada é importante para o docente e para o aluno, como a professora poderia fazer o uso da lei ou de diretrizes para solicitar uma postura diferente da direção da escola em que trabalha?
Disciplina:Educação Permanente1.519 materiais