A maior rede de estudos do Brasil

Quais são as diferenças entre a teoria neokantiana da ação e as teorias funcionais da ação?

Quanto aos seus fundamentos e consequências jurídicas.


1 resposta(s)

User badge image

Lyra

Há mais de um mês

São precursores da teoria neokantina da ação ou valorativa: mezger, frank, freundenthal e goldschimit. na teoria neokantista não se rompe com o causalismo de Von Liszt, Beling e Radbruch. Então, adota-se a teoria causal ou mecanicista ação. Ação enquanto comportamento humano voluntário causador de um resultado (a grande diferença em relação ao causalismo de Von Liszt é pq os neokantistas Não exigem a ocorrência de um resultado perceptível pelos sentidos -> os neokantistas superam o positivismo da teoria causal de Von Liszt). Assim, PARA OS NEOKANTISTAS = fato típico (conduta, reusltado, nexo e tipicidade) + antijuridico + culpavel (a culpabilidade aqui é integrada por dolo/culpa, imputabilidade e exxigibilidad ede conduta diversa). Já os funcionalistas buscam integram a dogmática penal (tecnica) com as missÕes do direito penal. SUrge então uma divergência sobre qual a missão do direito penal. Para Jakobs a missão é proteger o sistema, reafirmando a validade da norma jurídica violada, ao passo que para Jakobs a função do direito penal é proteger bens jurídicos. O conceito de conduta, segundo o pensamento de Roxin (funcionalismo dualista, moderado ou teleologico) conduta é o comportamento humano voluntário causador de relevante e intolerável lesão/perigo ao bem jur'diico tutelado. ROXIN = FATO TíPICO + antijuridico + reprovavel (imputabilidad,e exigib de conduta diversa, potencia cosnciencia da ilicitude e necessidade da pena). A maior diferença entre as 2 é o local está o dolo/culpa. Para os neokantistas a análise do dolo/culpa ocorre na culpabilidade, não se verifica na conduta a presenção do dolo ou da culpa. Já para os funcionais o dolo e a culpa devem ser analisados quando estudada a conduta do agente. X se joga na frente do seu carro e vc o mata (vc nao tem dolo nem culpa). NEOKANTISMO: não há crime por falta de culpabilidade (mas há conduta). FUNCIONALISMO: o fato é atipico, não há conduta!

São precursores da teoria neokantina da ação ou valorativa: mezger, frank, freundenthal e goldschimit. na teoria neokantista não se rompe com o causalismo de Von Liszt, Beling e Radbruch. Então, adota-se a teoria causal ou mecanicista ação. Ação enquanto comportamento humano voluntário causador de um resultado (a grande diferença em relação ao causalismo de Von Liszt é pq os neokantistas Não exigem a ocorrência de um resultado perceptível pelos sentidos -> os neokantistas superam o positivismo da teoria causal de Von Liszt). Assim, PARA OS NEOKANTISTAS = fato típico (conduta, reusltado, nexo e tipicidade) + antijuridico + culpavel (a culpabilidade aqui é integrada por dolo/culpa, imputabilidade e exxigibilidad ede conduta diversa). Já os funcionalistas buscam integram a dogmática penal (tecnica) com as missÕes do direito penal. SUrge então uma divergência sobre qual a missão do direito penal. Para Jakobs a missão é proteger o sistema, reafirmando a validade da norma jurídica violada, ao passo que para Jakobs a função do direito penal é proteger bens jurídicos. O conceito de conduta, segundo o pensamento de Roxin (funcionalismo dualista, moderado ou teleologico) conduta é o comportamento humano voluntário causador de relevante e intolerável lesão/perigo ao bem jur'diico tutelado. ROXIN = FATO TíPICO + antijuridico + reprovavel (imputabilidad,e exigib de conduta diversa, potencia cosnciencia da ilicitude e necessidade da pena). A maior diferença entre as 2 é o local está o dolo/culpa. Para os neokantistas a análise do dolo/culpa ocorre na culpabilidade, não se verifica na conduta a presenção do dolo ou da culpa. Já para os funcionais o dolo e a culpa devem ser analisados quando estudada a conduta do agente. X se joga na frente do seu carro e vc o mata (vc nao tem dolo nem culpa). NEOKANTISMO: não há crime por falta de culpabilidade (mas há conduta). FUNCIONALISMO: o fato é atipico, não há conduta!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes