A maior rede de estudos do Brasil

Gestalt

Bem, na aula a professora sempre salientava que o modo que um individuo enxerga o ambiente ou até mesmo as pessoas para a Gestalt depende excluisivamente de sua próproa percepção, que é única. Sabendo disso afirmei que o preconceito é uma forma de pscicologia da forma, alguém discorda?


3 resposta(s)

User badge image

Gabriel

Há mais de um mês

Certo, mas você concorda se eu falar que existem niveis diferentes de intesidade desse preconceito, ou seja, posso ter aprendido a oprimir alguém pela sua cor pelo meio que convivo, mas o jeito que eu enxergo essa pessoa é diferente até mesmo pra quem tem o mesmo preconceito.

Sabendo disso, ainda acha que existe uma contradição na minha afirmação?

Aguardo ancioso uma resposta.

Abraço

Certo, mas você concorda se eu falar que existem niveis diferentes de intesidade desse preconceito, ou seja, posso ter aprendido a oprimir alguém pela sua cor pelo meio que convivo, mas o jeito que eu enxergo essa pessoa é diferente até mesmo pra quem tem o mesmo preconceito.

Sabendo disso, ainda acha que existe uma contradição na minha afirmação?

Aguardo ancioso uma resposta.

Abraço

User badge image

Viviane

Há mais de um mês

Pensando dessa forma, acredito que sim. Porquê preconceito é o ato de conceituar algo ou alguém a primeira  vista, sem conhecer, sem entender, pelo que apenas aprende no senso comum. E sim, esse ato é subjetivo para cada um, pois eu terei um preconceito sobre determinado assunto, diferente de você. Acho importante salientar que o preconceito é sempre visto como algo ruim, pois confundimos muito com racismo, homofobia e etc, mas são diferentes, embora interligados. Enfim, eu acredito que sim, o preconceito é subjetivo.

User badge image

Arilton

Há mais de um mês

Penso que o preconceito é aprendido socialmente, os indivíduos não nascem racistas por exemplo (preconceito em relação à raça), eles aprendem dependendo do meio social em que se desenvolvem. A questão do preconceito é altamente complexa. Só nesta minha primeira frase já encadeou assuntos tratados pela psicologia social, pela psicologia do desenvolvimento, psicologia da aprendizagem, psicologia sócio-histórica, etc. Talvez o preconceito não se encaixe em um tipo de psicologia da forma. Na sua argumentação existe uma pequena contradição. Se a percepção é única, isto entra em contradição à comparação com o preconceito, pois o preconceito não é único e intrínseco ao indivíduo, como argumentei anteriormente que ele é aprendido socialmente. Assim, por exemplo, existem preconceitos que são compartilhados por vários, como o racismo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes