A maior rede de estudos do Brasil

como os micronutrientes do solo ajudam a tornar o nitrogenio disponivel para o crescimento das plantas


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

CONTEXTUALIZAÇÃO

O nitrogênio é um elemento químico importante para o crescimento dos seres vivos, entre eles, as plantas. É um dos elementos mais demandados por esses indivíduos em seu processo de desenvolvimento.


RESOLUÇÃO

Muitas vezes as plantas precisam de uma quantidade de nitrogênio maior do que aquela que existe no solo para o seu desenvolvimento e, por isso, na agricultura, é comum a estratégia de inserir nitrogênio no solo: a fertilização nitrogenada. Enfim, no geral, a fonte primária do nitrogênio para as plantas é o gás que está presente na atmosfera terrestre. Para ser absorvido pelas plantas, no solo, precisa ser combinado com outros elementos, tornando-se solúvel. A fixação do nitrogênio, na sequência, é o processo pelo qual o nitrogênio do ar é incorporado em compostos orgânicos nitrogenados, o que está relacionado com o Ciclo do Nitrogênio. Sob o formato de precipitação pode ocorrer tanto a formação de diversas formas de nitrogênio, assim como o espalhamento dessas formas em regiões como o solo, por exemplo. Uma vez no solo, o nitrogênio estará em diversas formas, entre elas aquelas mais instáveis, que se transformarão na medida do possível, sob a forma orgânica para a forma mineral. São reações rápidas e controladas por microrganismos. Mas tornam o nitrogênio móvel no solo, disponíveis para que as plantas realizem seus processos de sobrevivência.


CONTEXTUALIZAÇÃO

O nitrogênio é um elemento químico importante para o crescimento dos seres vivos, entre eles, as plantas. É um dos elementos mais demandados por esses indivíduos em seu processo de desenvolvimento.


RESOLUÇÃO

Muitas vezes as plantas precisam de uma quantidade de nitrogênio maior do que aquela que existe no solo para o seu desenvolvimento e, por isso, na agricultura, é comum a estratégia de inserir nitrogênio no solo: a fertilização nitrogenada. Enfim, no geral, a fonte primária do nitrogênio para as plantas é o gás que está presente na atmosfera terrestre. Para ser absorvido pelas plantas, no solo, precisa ser combinado com outros elementos, tornando-se solúvel. A fixação do nitrogênio, na sequência, é o processo pelo qual o nitrogênio do ar é incorporado em compostos orgânicos nitrogenados, o que está relacionado com o Ciclo do Nitrogênio. Sob o formato de precipitação pode ocorrer tanto a formação de diversas formas de nitrogênio, assim como o espalhamento dessas formas em regiões como o solo, por exemplo. Uma vez no solo, o nitrogênio estará em diversas formas, entre elas aquelas mais instáveis, que se transformarão na medida do possível, sob a forma orgânica para a forma mineral. São reações rápidas e controladas por microrganismos. Mas tornam o nitrogênio móvel no solo, disponíveis para que as plantas realizem seus processos de sobrevivência.


User badge image

Pedro Nielsen

Há mais de um mês

Quando os microorganismos do solo consomem os resíduos das culturas ou da vegatação existente (palhada, folhas, galhos, restolhos), eles conseguem se desenvolver no solo, como todo ser vivo um dia morre, a partir do momento que esses microorganismos morrerem e se decomporem, o nitrogênio que foi necessário para o seu crescimento passa a se tornar disponível para as plantas. Em áreas em que os níveis de matéria orgânica encontram-se estabilizados, o rendimento de produtividade da cultura geralmente é alto, mas quando a matéria orgânica ainda não se estabilizou e os microorganismos estão consumindo os nutrientes em uma taxa maior do que estão tornando disponíveis, poderá se perceber uma pequena queda na produtividade. Isso não quer dizer que os microorganismo prejudiquem o desenvolvimento das plantas, pelo contrário, deve-se tomar o cuidado de realizar as práticas conservacionistas que irão preservar os microorganismos e as maiores produtividades serão alcançadas. Esse ciclo não ocorre apenas com o nitrogêncio, mas também com outros nutrientes. 

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

CONTEXTUALIZAÇÃO

O nitrogênio é um elemento químico importante para o crescimento dos seres vivos, entre eles, as plantas. É um dos elementos mais demandados por esses indivíduos em seu processo de desenvolvimento.


RESOLUÇÃO

Muitas vezes as plantas precisam de uma quantidade de nitrogênio maior do que aquela que existe no solo para o seu desenvolvimento e, por isso, na agricultura, é comum a estratégia de inserir nitrogênio no solo: a fertilização nitrogenada. Enfim, no geral, a fonte primária do nitrogênio para as plantas é o gás que está presente na atmosfera terrestre. Para ser absorvido pelas plantas, no solo, precisa ser combinado com outros elementos, tornando-se solúvel. A fixação do nitrogênio, na sequência, é o processo pelo qual o nitrogênio do ar é incorporado em compostos orgânicos nitrogenados, o que está relacionado com o Ciclo do Nitrogênio. Sob o formato de precipitação pode ocorrer tanto a formação de diversas formas de nitrogênio, assim como o espalhamento dessas formas em regiões como o solo, por exemplo. Uma vez no solo, o nitrogênio estará em diversas formas, entre elas aquelas mais instáveis, que se transformarão na medida do possível, sob a forma orgânica para a forma mineral. São reações rápidas e controladas por microrganismos. Mas tornam o nitrogênio móvel no solo, disponíveis para que as plantas realizem seus processos de sobrevivência.


User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Fertilidade do Solo


CONTEXTUALIZAÇÃO

O nitrogênio é um elemento químico importante para o crescimento dos seres vivos, entre eles, as plantas. É um dos elementos mais demandados por esses indivíduos em seu processo de desenvolvimento.


RESOLUÇÃO

Muitas vezes as plantas precisam de uma quantidade de nitrogênio maior do que aquela que existe no solo para o seu desenvolvimento e, por isso, na agricultura, é comum a estratégia de inserir nitrogênio no solo: a fertilização nitrogenada. Enfim, no geral, a fonte primária do nitrogênio para as plantas é o gás que está presente na atmosfera terrestre. Para ser absorvido pelas plantas, no solo, precisa ser combinado com outros elementos, tornando-se solúvel. A fixação do nitrogênio, na sequência, é o processo pelo qual o nitrogênio do ar é incorporado em compostos orgânicos nitrogenados, o que está relacionado com o Ciclo do Nitrogênio. Sob o formato de precipitação pode ocorrer tanto a formação de diversas formas de nitrogênio, assim como o espalhamento dessas formas em regiões como o solo, por exemplo. Uma vez no solo, o nitrogênio estará em diversas formas, entre elas aquelas mais instáveis, que se transformarão na medida do possível, sob a forma orgânica para a forma mineral. São reações rápidas e controladas por microrganismos. Mas tornam o nitrogênio móvel no solo, disponíveis para que as plantas realizem seus processos de sobrevivência.


Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas