A maior rede de estudos do Brasil

explique como era organizada a ordem politica da republica de platão

platao


1 resposta(s)

User badge image

Michelly

Há mais de um mês

Para Platão, a educação possui características políticas e deve estar presente na criação do Estado. Para ele, nem as pessoas sem educação e sem conhecimento da verdade nem as aquelas que passaram a vida dedicada ao estudo estão aptas para o governo da cidade, umas porque não têm objetivos determinados, outras porque não consentirão em encarregar-se disso, julgando-se já transportadas em vida para as ilhas dos mais afortunados. Portanto Platão vê-se na obrigação de encaminhar os mais bem dotados a orientarem-se para a ciência política. Para ele a lei deverá prover o bem de toda a cidade e não de um só cidadão, unindo-os pela persuasão ou a sujeição e levando-os a compartilhar as vantagens que cada classe pode proporcionar à comunidade. A política deverá guiar os homens da cidade a um objetivo único, e não dar-lhes liberdade para escolher o lado que os agrada. Platão afirma que a dialética é de suma importância na constituição do estado, ela é a conclusão suprema dos nossos estudos, e apenas aqueles que possuem acuidade para as ciências e facilidades para o aprendizado estarão aptos para a educação dialética. Dessa forma, o pensamento de Platão é bastante aceito, pois concebe a política como uma ciência que deve guiar os rumos da cidade de modo a conseguir o bem coletivo e não o individual, utilizando a educação como a base para formar os políticos dessa Polis. É através do conhecimento adquirido com as diversas ciências, que o homem estará apto a gerir o destino de seus governados.

Consegui responder sua pergunta?
Bons estudos! 

Para Platão, a educação possui características políticas e deve estar presente na criação do Estado. Para ele, nem as pessoas sem educação e sem conhecimento da verdade nem as aquelas que passaram a vida dedicada ao estudo estão aptas para o governo da cidade, umas porque não têm objetivos determinados, outras porque não consentirão em encarregar-se disso, julgando-se já transportadas em vida para as ilhas dos mais afortunados. Portanto Platão vê-se na obrigação de encaminhar os mais bem dotados a orientarem-se para a ciência política. Para ele a lei deverá prover o bem de toda a cidade e não de um só cidadão, unindo-os pela persuasão ou a sujeição e levando-os a compartilhar as vantagens que cada classe pode proporcionar à comunidade. A política deverá guiar os homens da cidade a um objetivo único, e não dar-lhes liberdade para escolher o lado que os agrada. Platão afirma que a dialética é de suma importância na constituição do estado, ela é a conclusão suprema dos nossos estudos, e apenas aqueles que possuem acuidade para as ciências e facilidades para o aprendizado estarão aptos para a educação dialética. Dessa forma, o pensamento de Platão é bastante aceito, pois concebe a política como uma ciência que deve guiar os rumos da cidade de modo a conseguir o bem coletivo e não o individual, utilizando a educação como a base para formar os políticos dessa Polis. É através do conhecimento adquirido com as diversas ciências, que o homem estará apto a gerir o destino de seus governados.

Consegui responder sua pergunta?
Bons estudos! 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes