A maior rede de estudos do Brasil

Erro de Tipo

Supondo a seguinte situação fática:
"Fulano quer matar Chico com um tiro, quando Chico dormir. Para tanto, pega um frasco de supostas pílulas soníferas e ministra-as a Chico. Quando este está aparentemente desacordado Fulano desfere-lhe vários tiros na cabeça. A perícia determina que a morte se deu por envenenamento pelas tais pílulas."

Qual será a responsabilização penal do Fulano?

Direito Penal IUNIOESTE

5 resposta(s)

User badge image

Vander

Há mais de um mês

Na realidade o Erro Sobre o Nexo Causal, trata-se de espécie de Erro de Tipo Acidental, e não é necessariamente configurado pela ordem cronológica de atos, porquanto pode ser aquele em sentido estrito, no qual o resultado esperado ocorre, porém de forma diversa da esperada (clássico exemplo: mulher empurrada em penhasco na costa, morre por traumatismo craniano por uma batida contra uma pedra do penhasco, sendo que a forma esperada pelo autor - quem a empurrou - seria a asfixia por afogamento). Há também o Erro Sobre o Nexo Causal na modalidade de dolo geral, que ai sim, há 2 atos dolosos, sendo que o resultado vem a ocorrer por ato do agente, não necessariamente aquele que autor pretendia ser o que consumasse o crime, independentemente da ordem cronológica.

Na realidade o Erro Sobre o Nexo Causal, trata-se de espécie de Erro de Tipo Acidental, e não é necessariamente configurado pela ordem cronológica de atos, porquanto pode ser aquele em sentido estrito, no qual o resultado esperado ocorre, porém de forma diversa da esperada (clássico exemplo: mulher empurrada em penhasco na costa, morre por traumatismo craniano por uma batida contra uma pedra do penhasco, sendo que a forma esperada pelo autor - quem a empurrou - seria a asfixia por afogamento). Há também o Erro Sobre o Nexo Causal na modalidade de dolo geral, que ai sim, há 2 atos dolosos, sendo que o resultado vem a ocorrer por ato do agente, não necessariamente aquele que autor pretendia ser o que consumasse o crime, independentemente da ordem cronológica.

User badge image

Duda

Há mais de um mês

É uma modalidade de erro de tipo, mas não se trata de nexo causal, pois este se refere a uma ação praticada quando o agente acredita já ter consumado o crime, ex.: um índividuo tenta matar outro por estrangulamento e, em seguida, enforca-o para simular suicídio quando, na verdade, a causa da morte foi o enforcamento, e não o estrangulamento.

Acredito que este caso se enquadraria no erro de tipo acidental (incide sobre os dados irrelevantes da figura típica - o objeto resultante do erro é equivalente ao objeto real)

User badge image

Lyra

Há mais de um mês

colega não se trata de erro de tipo. trata-se de erro sobre o nexo causal. Sobre a tipificação eu tenho um dúvida. Tenho dúvida se deve, ou não incider a qualificadora do veneno, em razão de ter sido produzido com culpa, não havia dolo de matar por envenenamento.  

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes