A maior rede de estudos do Brasil

O que foi o arcadismo ?

Descrição

Um resumo

Literatura

UFMG


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O Arcadismo consistiu no período literário que se iniciou no ano de 1768 com a publicação de “Obras Poéticas” de Cláudio Manual da Costa e a posterior fundação da “Arcádia Ultramarina” na cidade de Vila Rica. O movimento recebeu tal nome devido às sociedade literárias da época chamada de Arcádias.

Dentre as principais características do Arcadismo vale destacar a valorização da natureza, o foco em expor o cotidiano e os aspectos simples da vida ao mesmo tempo que criticava a vida nos centros urbanos, o emprego de pseudônimos e a objetividade.

Por sua vez, como principais autores vale citar Cláudio Manuel da Costa, José de Santa Rita Durão e Tomás Antônio Gonzaga.

O Arcadismo consistiu no período literário que se iniciou no ano de 1768 com a publicação de “Obras Poéticas” de Cláudio Manual da Costa e a posterior fundação da “Arcádia Ultramarina” na cidade de Vila Rica. O movimento recebeu tal nome devido às sociedade literárias da época chamada de Arcádias.

Dentre as principais características do Arcadismo vale destacar a valorização da natureza, o foco em expor o cotidiano e os aspectos simples da vida ao mesmo tempo que criticava a vida nos centros urbanos, o emprego de pseudônimos e a objetividade.

Por sua vez, como principais autores vale citar Cláudio Manuel da Costa, José de Santa Rita Durão e Tomás Antônio Gonzaga.

User badge image

Lucas

Há mais de um mês

O Arcadismo, ou Neoclassicismo, foi um movimento literário que se iniciou no século XVIII na Europa, que surgiu após o Barroco. Num contexto histórico de ascensão da burguesia e de seus valores sociais, políticos e religiosos. O Arcadismo procurava a pureza e a simplicidade das formas clássicas, em contraste com o movimento literário anterior, o barroco.

Tendo como principal característica o bucolismo. Tratava-se da vida e as belezas do campo, a natureza e a tranquilididade proporcionada por ela, e a admiração da vida simples. Umas das outras características é a fuga da cidade ("fugere urbem"), valorização da mulher amada, objetividade e linguagem simples.

No Brasil, o arcadismo se desenvolve na segunda metade do século XVIII, no auge do ciclo do ouro, em Minas Gerais. Paralelo à isso, também desenvolve-se o pensamento iluminista. Entre os principais poetas temos: Cláudio Manoel da Costa (autor de Obras Poéticas), Tomás Antônio Gonzaga (autor de Liras, Cartas Chilenas e Marília de Dirceu), Basílio da Gama (autor de O Uraguai) , Frei Santa Rita Durão (autor do poema Caramuru) e Silva Alvarenga (autor de Glaura).

User badge image

Leonardo

Há mais de um mês

O arcadismo, também chamado de setecentismo (do século XVIII, ou os "anos de 1700") ou neoclassicismo é o período que caracteriza principalmente a segunda metade do século XVIII, tingindo as artes de uma nova tonalidade burguesa. A primeira metade do século XVIII marcou a decadência do pensamento barroco, para a qual colaboraram vários fatores: a burguesia ascendente, voltadas para as questões mundanas, passou a deixar em segundo plano a religiosidade que permeava o pensamento barroco; além disso, o exagero da expressão barroca havia cansado o público, e a chamada arte cortesã, que se desenvolvera desde a Renascença, atingia um estágio estacionário e apresentava sinais de declínio, perdendo terreno para a arte burguesa, marcada pelo subjetivismo. Surgiram, então, as primeiras arcádias, que procuravam a pureza e a simplicidade das formas clássicas. 

Na Itália essa influência assumiu feição particular. Conhecida como Arcadismo, inspirava-se na lendária região da Grécia antiga. Segundo a lenda, a Arcádia era dominada pelo deus Pan e habitada por pastores que, vivendo de modo simples e espontâneo, se divertiam cantando, fazendo disputas poéticas e celebrando o amor e o prazer. 

Os italianos, procurando imitar a lenda grega, criaram a Arcádia em 1690 - uma academia literária que reunia os escritores com a finalidade de combater o Barroco e difundir os ideais neoclássicos. Para serem coerentes com certos princípios, como simplicidade e igualdade, os cultos literatos árcades usavam roupas e pseudônimos de pastores gregos e reuniam-se em parques e jardins para gozar a vida natural. 

No Brasil e em Portugal, a experiência neoclássica na literatura se deu em torno dos modelos do Arcadismo italiano, com a fundação de academias literárias, simulação pastoral, ambiente campestre, etc. 

Esses ideais de vida simples e natural vêm ao encontro dos anseios de um novo público consumidor em formação, a burguesia, que historicamente lutava pelo poder e denunciava a vida luxuosa da nobreza nas cortes. 

O desejo da natureza, a realização da poesia pastoril, a reverência ao bucolismo são traços marcantes da literatura arcádica, disposta a fazer valer a simplicidade perdida no Barroco.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas