A maior rede de estudos do Brasil

Imunologia Sabendo que os receptores da imunidade inata reconhecem estruturas compartilhadas por classes de micróbios (os PAMPs),a mudança (mutacoes)

desses PAMPS poderia ser um mecanismo eficiente de evasão ao sistema imune? explique.

Imunologia

UNIGRANRIO


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

As estratégias de evasão são diversas e alguns microorganismos atuam ocupando nichos especiais onde o sistema imune não consegue “enxergar”, como exemplo, os parasitas que causam a Malária (Plasmodium sp). Este patógeno tem uma fase assexual no interior de eritrócitos, os quais não são capazes de produzir e expressar MHC de classe I em sua superfície, garantindo que a presença deste microorganismo não seja anunciada ao sistema imune na forma de complexos peptídeo-MHC.


Já outros microorganismos patogênicos, como fungos, podem evitar a detecção mascarando padrões moleculares associados à patógenos (PAMPS), como carboidratos presentes na superfície celular, e uma vez detectados, várias espécies interferem com fagócitos e tráfego intracelular e podem reprimir produtos anti-microbianos como o óxido nítrico (NO).


A identificação dos mecanismos de subversão utilizados pelos patógenos capacita o ser humano a desenvolver novas estratégias de controle destes microorganismos.

As estratégias de evasão são diversas e alguns microorganismos atuam ocupando nichos especiais onde o sistema imune não consegue “enxergar”, como exemplo, os parasitas que causam a Malária (Plasmodium sp). Este patógeno tem uma fase assexual no interior de eritrócitos, os quais não são capazes de produzir e expressar MHC de classe I em sua superfície, garantindo que a presença deste microorganismo não seja anunciada ao sistema imune na forma de complexos peptídeo-MHC.


Já outros microorganismos patogênicos, como fungos, podem evitar a detecção mascarando padrões moleculares associados à patógenos (PAMPS), como carboidratos presentes na superfície celular, e uma vez detectados, várias espécies interferem com fagócitos e tráfego intracelular e podem reprimir produtos anti-microbianos como o óxido nítrico (NO).


A identificação dos mecanismos de subversão utilizados pelos patógenos capacita o ser humano a desenvolver novas estratégias de controle destes microorganismos.

User badge image

b .

Há mais de um mês

Se gerar um receptor que reconhece uma estrutura de patógenos que antes nao era reconhecida é algo vantajoso. Porém se essa mutaçao gerar um receptor que nao reconhece estruturas assim aí deixa de ser útil, perde sua funçao.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas