A maior rede de estudos do Brasil

Como o nutricionista pode utilizar a gastronomia na área clínica?


1 resposta(s)

User badge image

Pedro Moreira

Há mais de um mês

A gastronomia é uma arte. Cada prato deve abrir tem a intenção de impressionar quem vai degustar cada prato. O chefe de cozinha conhece técnicas milenares de preparo dos alimentos e busca encontrar o melhor sabor em cada prato. O chefe não está preocupado com o valor nutricional de cada prato, está buscando a melhor forma de executar a receita e ter um ganho de sabor. 

Já o nutricionista é um profissional que procura, por meio de uma alimentação balanceada, deixar seus pacientes saudáveis. O nutricionista não conhece técnicas refinadas de cozinha, não conhece muitas variações culinárias. É aí que a nutrição e a gastronomia se complementam. Os conhecimentos clínicos do nutricionista se complementam com os conhecimentos gastronômicos do chefe. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que uma boa nutrição é aquela que é balanceada e supra as necessidades do individuo. Em busca dessa nutrição as pessoas pensam que é necessário comer apenas comidas sem graça, com pouco sabor, mas a gastronomia e a nutrição se unem para que possam equilibrar esse cardápio e levar para a mesa das pessoas uma alimentação balanceada e saborosa. 

A nutrição aliada à gastronomia está presente nas cozinhas dos hospitais, onde se procura alimentar o paciente de uma forma saudável e saborosa. Também é possível encontrar essa parceria em cursos gastronômicos em escolas que pretendem desenvolver o hábito alimentar saudável em crianças. E também em alguns restaurantes, os nutricionistas e chefes trabalham juntos desenvolvendo cardápios saudáveis e cheios de sabor.

A gastronomia é uma arte. Cada prato deve abrir tem a intenção de impressionar quem vai degustar cada prato. O chefe de cozinha conhece técnicas milenares de preparo dos alimentos e busca encontrar o melhor sabor em cada prato. O chefe não está preocupado com o valor nutricional de cada prato, está buscando a melhor forma de executar a receita e ter um ganho de sabor. 

Já o nutricionista é um profissional que procura, por meio de uma alimentação balanceada, deixar seus pacientes saudáveis. O nutricionista não conhece técnicas refinadas de cozinha, não conhece muitas variações culinárias. É aí que a nutrição e a gastronomia se complementam. Os conhecimentos clínicos do nutricionista se complementam com os conhecimentos gastronômicos do chefe. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que uma boa nutrição é aquela que é balanceada e supra as necessidades do individuo. Em busca dessa nutrição as pessoas pensam que é necessário comer apenas comidas sem graça, com pouco sabor, mas a gastronomia e a nutrição se unem para que possam equilibrar esse cardápio e levar para a mesa das pessoas uma alimentação balanceada e saborosa. 

A nutrição aliada à gastronomia está presente nas cozinhas dos hospitais, onde se procura alimentar o paciente de uma forma saudável e saborosa. Também é possível encontrar essa parceria em cursos gastronômicos em escolas que pretendem desenvolver o hábito alimentar saudável em crianças. E também em alguns restaurantes, os nutricionistas e chefes trabalham juntos desenvolvendo cardápios saudáveis e cheios de sabor.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes