A maior rede de estudos do Brasil

Alguém pfv me ajuda caso concreto 1 de Direito Civil ll

Caso Concreto 1 Da leitura do material didático, autor Flávio Tartuce, p. 03-39, responda: a) É correto afirmar que as normas de Direito Obrigacional são hoje as que mais se aplicam com frequência? Explique sua resposta. b) Os princípios da eticidade e da socialidade se aplicam ao direito obrigacional? Ao responder, explique os princípios. c) Há diferença entre obrigação, dever, responsabilidade, ônus e estado de sujeição? Explique sua resposta e dê um exemplo de cada situação.

Direito Civil II

ESTÁCIO


1 resposta(s)

User badge image

Ylanna Feijão

Há mais de um mês

a) É correto afirmar que as normas de Direito Obrigacional são hoje as que mais se aplicam com frequência?
Explique sua resposta.
Sim, segundo Flávio Tartuce o direito obrigacional constitui um dos ramos jurídicos mais importantes,
pois o sujeito tem como viver sem utilizar vários ramos jurídicos mais não o direito obrigacional.
 
b) Os princípios da eticidade e da socialidade se aplicam ao direito obrigacional? Ao responder, explique os
princípios.
Sim, os princípios da eticidade e da socialidade determinam a boa-fé objetiva e a função social das
obrigações sendo a primeira utilizada para impor uma conduta de leald ade enquanto a segunda
pressupõe que a obrigação tenha uma finalidade.
 
c) Há diferença entre obrigação, dever, responsabilidade, ônus e estado de sujeição? Explique sua resposta e dê
um exemplo de cada situação.
Sim, há diferença.
Obrigação: Relação Jurídica de caráter patrimonial e transitório (que dura pouco tempo) entre credor
e devedor cujo objetivo é um cumprimento de uma prestação. Ex: Obrigação de pagamento de um
automóvel comprado.
Dever: trata-se da necessidade de comportar-se de certa maneira. Conceito que se vincula ao de Direito
subjetivo. Ex: Dever de prestar socorro em caso de acidente.
Responsabilidade: surge em decorrência do descumprimento do dever. E x: Responsabilidade
patrimonial em casos de inadimplentes respondem todos os bens do devedor Art. 391 C. C.
Ônus: é um encargo, que em caso de descumprimento só gera consequências para aquele que
descumpriu.Ex: Doação com encargo.
Estado de Sujeição: é o poder que a pessoa tem de influir na esfera jurídica de outrem, sem que este
possa fazer algo que não se sujeitar. Ex: direito de o locador despejar o locatário.
a) É correto afirmar que as normas de Direito Obrigacional são hoje as que mais se aplicam com frequência?
Explique sua resposta.
Sim, segundo Flávio Tartuce o direito obrigacional constitui um dos ramos jurídicos mais importantes,
pois o sujeito tem como viver sem utilizar vários ramos jurídicos mais não o direito obrigacional.
 
b) Os princípios da eticidade e da socialidade se aplicam ao direito obrigacional? Ao responder, explique os
princípios.
Sim, os princípios da eticidade e da socialidade determinam a boa-fé objetiva e a função social das
obrigações sendo a primeira utilizada para impor uma conduta de leald ade enquanto a segunda
pressupõe que a obrigação tenha uma finalidade.
 
c) Há diferença entre obrigação, dever, responsabilidade, ônus e estado de sujeição? Explique sua resposta e dê
um exemplo de cada situação.
Sim, há diferença.
Obrigação: Relação Jurídica de caráter patrimonial e transitório (que dura pouco tempo) entre credor
e devedor cujo objetivo é um cumprimento de uma prestação. Ex: Obrigação de pagamento de um
automóvel comprado.
Dever: trata-se da necessidade de comportar-se de certa maneira. Conceito que se vincula ao de Direito
subjetivo. Ex: Dever de prestar socorro em caso de acidente.
Responsabilidade: surge em decorrência do descumprimento do dever. E x: Responsabilidade
patrimonial em casos de inadimplentes respondem todos os bens do devedor Art. 391 C. C.
Ônus: é um encargo, que em caso de descumprimento só gera consequências para aquele que
descumpriu.Ex: Doação com encargo.
Estado de Sujeição: é o poder que a pessoa tem de influir na esfera jurídica de outrem, sem que este
possa fazer algo que não se sujeitar. Ex: direito de o locador despejar o locatário.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes