A maior rede de estudos do Brasil

porque proteger o processo de endurecimento do concreto?

  O concreto deve ser protegido durante o processo de endurecimento (ganho de resistência) contra secagem rápida, mudanças bruscas de temperatura, excesso de agua, incidência de raios solares, agentes químicos, vibração e choques. Desta forma, quais os problemas essas variáveis podem gerar na obra em questão. Explique detalhadamente.


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A NBR 14931 é a norma brasileira que trata da execução de estruturas de concreto e seus procedimentos.


Segundo a NBR 14931, o concreto deve ser curado e protegido contra agentes prejudiciais para:

- Evitar a perda de água pela superfície exposta;

- Assegurar uma superfície com resistência adequada;

- Assegurar a formação de uma capa superficial durável.


Os agentes deletérios mais comuns ao concreto em seu início de vida são: mudanças bruscas de temperatura, secagem, chuva forte, água torrencial, congelamento, agentes químicos, choques e vibrações.

Tais variáveis podem ocasionar uma quantidade considerável de problemas no concreto, tais como perda de trabalhabilidade, retração, segregação e exsudação. Esses aspectos podem acabar por produzir fissuras na massa de concreto, prejudicar a sua aderência à armadura ou ainda ocasionar perda de resistência.

A NBR 14931 é a norma brasileira que trata da execução de estruturas de concreto e seus procedimentos.


Segundo a NBR 14931, o concreto deve ser curado e protegido contra agentes prejudiciais para:

- Evitar a perda de água pela superfície exposta;

- Assegurar uma superfície com resistência adequada;

- Assegurar a formação de uma capa superficial durável.


Os agentes deletérios mais comuns ao concreto em seu início de vida são: mudanças bruscas de temperatura, secagem, chuva forte, água torrencial, congelamento, agentes químicos, choques e vibrações.

Tais variáveis podem ocasionar uma quantidade considerável de problemas no concreto, tais como perda de trabalhabilidade, retração, segregação e exsudação. Esses aspectos podem acabar por produzir fissuras na massa de concreto, prejudicar a sua aderência à armadura ou ainda ocasionar perda de resistência.

User badge image

Ozeias

Há mais de um mês

porque ele em contato com a água causa uma reação e a consequencia dessa reação é o calor e logo quando se tem uma peça as extremidades endurecem primeiro que a parte interna e logo oque a parte interna ainda ta fazendo? esta quente se dilatando e empurrando a parte seca para fora causando trincas normalmente é usado tela POP ou mais chamada de tela Q138 para evitar esse tipo de fenomeno ou voce molha o concreto ou também pode fazer como a china quando fez a maior usina hidro eletrica do mundo, jogou um vapor quimico que tampava a luz do sol não causando aquecimento precoce e controlando a mesma 

User badge image

Átila

Há mais de um mês

Exsudação: perda de umidade (água) do concreto causada por vibrações, mudanças brucas de temperatura, e etc e tal. Ela causa uma enorme perda de resistência.

Na obra, onde é utilizado um concreto estrutural, ou seja, tem suas restrições, como o fator água/cimento , traço e outras coisas mais... Se for utilizado um concreto diferente do que foi pré-determinado, isso deve gerar danos imediatos ou futuros, por isso na chegada do concreto à obra é feito o slamp-test para verificar sua trabalhabilidade (ou seja, o fator água/cimento) e é criado um corpo de prova para averiguar após 28 dias se o concreto utilizado tem a resistência especificada em projeto.

Mas caso seja uma obra furreca, onde o concreto utilizado não terá uma carga enorme agindo sobre ele, digo isso por experiência própria, não se deve levar em consideração os cuidados citados acima... Mas cada caso é um caso! ;)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas