A maior rede de estudos do Brasil

Qual é o sujeito ativo das contribuições sociais criadas pela União para a seguridade, cobradas sobre a folha de salários ?

Qual é o sujeito ativo das contribuições sociais criadas pela União para a seguridade, cobradas sobre a folha de salários ?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Tal questão aparecera no livro contabilidade fiscal e tributária, do autor Silvio Aparecido Crepaldi, e teve como gabarito a assertiva que dizia: "O INSS". 

Conforme preceitua o artigo 119 do CTN, “Sujeito ativo da obrigação é a pessoa jurídica de direito público titular da competência para exigir o seu cumprimento”, é aquele que tem o direito de exigir a obrigação tributária imposta ao sujeito passivo, é o credor, ou seja, o que integra o pólo ativo da relação jurídica tributária.

A interpretação deste dispositivo ocupa duas correntes doutrinárias divergentes.

De um lado, alguns autores alegam que somente as pessoas jurídicas de direito público dotadas de poder legislativo podem ser sujeito ativo de uma obrigação tributária. Para estes, o sujeito ativo em questão seria a União.

A doutrina majoritária, no entanto, alega que para ser sujeito ativo da relação tributária, independe do sujeito titularizar o exercício da competência tributária ou não. É o que entende Eduardo Marcial Ferreira Jardim, quando diz que o sujeito ativo “é a pessoa incumbida do direito subjetivo de promover a cobrança do tributo. Embora no mais das vezes o sujeito ativo seja a própria pessoa constitucional titular da competência tributária, nem sempre esta ocupa o pólo ativo da obrigação”. Para estes, como o INSS é responsável pela cobrança do tributo, entende-se que este é o sujeito ativo. 

Tal questão aparecera no livro contabilidade fiscal e tributária, do autor Silvio Aparecido Crepaldi, e teve como gabarito a assertiva que dizia: "O INSS". 

Conforme preceitua o artigo 119 do CTN, “Sujeito ativo da obrigação é a pessoa jurídica de direito público titular da competência para exigir o seu cumprimento”, é aquele que tem o direito de exigir a obrigação tributária imposta ao sujeito passivo, é o credor, ou seja, o que integra o pólo ativo da relação jurídica tributária.

A interpretação deste dispositivo ocupa duas correntes doutrinárias divergentes.

De um lado, alguns autores alegam que somente as pessoas jurídicas de direito público dotadas de poder legislativo podem ser sujeito ativo de uma obrigação tributária. Para estes, o sujeito ativo em questão seria a União.

A doutrina majoritária, no entanto, alega que para ser sujeito ativo da relação tributária, independe do sujeito titularizar o exercício da competência tributária ou não. É o que entende Eduardo Marcial Ferreira Jardim, quando diz que o sujeito ativo “é a pessoa incumbida do direito subjetivo de promover a cobrança do tributo. Embora no mais das vezes o sujeito ativo seja a própria pessoa constitucional titular da competência tributária, nem sempre esta ocupa o pólo ativo da obrigação”. Para estes, como o INSS é responsável pela cobrança do tributo, entende-se que este é o sujeito ativo. 

User badge image

Beatriz

Há mais de um mês

O INSS.Seria a União se ela não o tivesse delegado a competência.

Mas, neste caso a União (detentora da competência legislativa) usou seu poder e delegou ao INSS (autarquia federal) a competência administrativa (que compreende a arrecadação e fiscalização do tributo); ou seja, o INSS tem capacidade ativa

O INSS não pode instituir tributo (pq não é competente pela CF), mas pode exigir o tributo.
Quem tem capacidade ativa pode ser sujeito ativo na relação obrigacional tributária.
Se vc buscar o art.119 CTN verá q sujeito ativo é a PJDPúblico com competência (adm) pra EXIGIR o cumprimento da obrigação.

User badge image

Caroline

Há mais de um mês

No caso de IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE, quem será demandado ou será o sujeito ativo é o ente federativo para qual o servidor trabalha, mesmo que seja um tributo federal.

Acredito que se aplica o mesmo nesse caso do INSS.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas