A maior rede de estudos do Brasil

Teoria da Desconsideração da Personalidade Jurídica

Como se aplica a Teoria da Desconsideração da Personalidade Jurídica no Direito do Consumidor? Teoria Maior ou Menor? Justifique colocando os fundamentos legais.


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

O CDC adota a teoria menor, que admite a responsabilização dos sócios quando a personalidade da sociedade empresária configurar impeditivo ao ressarcimento dos prejuízos causados ao consumidor (CDC art. 28, § 5º). 

"Art. 28. O juiz poderá desconsiderar a personalidade jurídica da sociedade quando, em detrimento do consumidor, houver abuso de direito, excesso de poder, infração da lei, fato ou ato ilícito ou violação dos estatutos ou contrato social. A desconsideração também será efetivada quando houver falência, estado de insolvência, encerramento ou inatividade da pessoa jurídica provocados por má administração.

§ 5° Também poderá ser desconsiderada a pessoa jurídica sempre que sua personalidade for, de alguma forma, obstáculo ao ressarcimento de prejuízos causados aos consumidores."

O CDC adota a teoria menor, que admite a responsabilização dos sócios quando a personalidade da sociedade empresária configurar impeditivo ao ressarcimento dos prejuízos causados ao consumidor (CDC art. 28, § 5º). 

"Art. 28. O juiz poderá desconsiderar a personalidade jurídica da sociedade quando, em detrimento do consumidor, houver abuso de direito, excesso de poder, infração da lei, fato ou ato ilícito ou violação dos estatutos ou contrato social. A desconsideração também será efetivada quando houver falência, estado de insolvência, encerramento ou inatividade da pessoa jurídica provocados por má administração.

§ 5° Também poderá ser desconsiderada a pessoa jurídica sempre que sua personalidade for, de alguma forma, obstáculo ao ressarcimento de prejuízos causados aos consumidores."

User badge image

Ezequiel Flamenguista

Há mais de um mês

Trata-se da desconsideração da personalidade jurídica, que nada mais é do que, a possibilidade de, frente a alguns requisitos, conseguir de valer dos bens dos sócios, para pagamento de verbas provenientes das sentenças definitivas.

A teoria maior se fundamenta em maior apuro e precisão do instituto da
desconsideração da personalidade jurídica, baseando-se em requisitos sólidos
identifi cadores da fraude — a utilização da couraça protetora para camufl ar
atos eivados de fraude pelo sócio com a utilização da sociedade.

A teoria maior se fundamenta em maior apuro e precisão do instituto da
desconsideração da personalidade jurídica, baseando-se em requisitos sólidos
identifi cadores da fraude — a utilização da couraça protetora para camufl ar
atos eivados de fraude pelo sócio com a utilização da sociedade.

com a Lei 8.078/90, cuja redação foi copiada pela
Lei 8.884/94

A regra inserta no §5° do art. 28 da Lei 8.078/90

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas