A maior rede de estudos do Brasil

O Capítulo III sobre Recuperação Judicial da Lei 11.101/05 (Lei de Falências) se refere a recuperação judicial e extrajudicial?

Por que as pessoas quandovão falar sobre a recuperação extrajudicial usam os artigos deste capítulo que só se refere a recuperação judicial? O que está determinado nela se aplica também a recuperação extrajudicial? Por que? 


3 resposta(s)

User badge image

Armindo De Castro Júnior

Há mais de um mês

Não, Hallana, o cap. III só se refere à recuperação judicial e o cap. IV à extrajudical.

Quando à referência à segunda pergunta, a parte principiológica está prevista na recuperação judicial (princípio da preservação da empresa, por exemplo).

Espero ter ajudado.

Não, Hallana, o cap. III só se refere à recuperação judicial e o cap. IV à extrajudical.

Quando à referência à segunda pergunta, a parte principiológica está prevista na recuperação judicial (princípio da preservação da empresa, por exemplo).

Espero ter ajudado.

User badge image

Paduan Seta Advocacia

Há mais de um mês

O Capítulo III da Lei 11.101/05 se refere somente sobre Recuperação Judicial, enquanto o Capítulo VI da mesma lei trata da Recuperação Extrajudicial.

O que provavelmente foi motivo da confusão e utilização de artigos tratando do capítulo da Recuperação Judicial para falar da Recuperação Extrajudicial é o fato de que os requisitos para requerer ambas as Recuperações (Judicial e Extrajudicial) são os mesmos.

Sendo assim, tanto os requisitos para a Recuperação Judicial quanto os requisitos para a Recuperação Extrajudicial estão previstos no artigo 48 da Lei, que está dentro do Capítulo de Recuperação Judicial.

Isso porque a própria Lei, em seu artigo 161, ao tratar da Recuperação Extrajudicial, afirma que os requisitos para requerimento da mesma estão previstos no artigo 48.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes