A maior rede de estudos do Brasil

AJUDA - Maquinas Sincronas

1 - Um gerador síncrono de rotor cilíndrico de 180kVA,440V, 300rpm, 60Hz, conexão Y, tem as seguintes particularidades: ra= 0 e Xl=0,296Ω(reatância de dispersão).A linha de entreferro é descrita pela queação Eg=17If, expressopor fae. A caracteristica de curto-circuito é descrita por Icc=10,75If.
a) Encontre o valor da corrente de campo necessária para produzir tensão terminal nominal na corrente nominal para um FP igual a 0,8 atrasado;
b) Encontre a corrente de campo necessária para produzir tensão nominal quando a corrente nominal é entregue para uma carga com FP 0,8 adiantada. Assuma que Era para corrente nominal vale 305V;


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Inicialmente, a eletricidade e o magnetismo foram estudados de forma separada, pois filósofos gregos pensavam que esses dois ramos da física não tinham relação. Porém, após os experimentos de Cristian Oersted foi possível verificar que eletricidade e magnetismo tinham sim uma relação. Em seus experimentos, Oersted pôde comprovar que um fio percorrido por uma corrente elétrica gerava a sua volta um campo magnético. Essa comprovação veio através da movimentação da agulha de uma bússola.  

Oersted colocou uma bussola próximo a um condutor percorrido por uma corrente elétrica e verificou que ela se orientava em um sentido diferente do sentido que assumia quando cessava a corrente elétrica no fio.

A intensidade do campo magnético gerado ao redor do fio condutor retilíneo é dada pela seguinte equação:

Onde μ é a grandeza física que caracteriza o meio no qual o fio condutor está imerso. Essa grandeza é chamada de permeabilidade magnética do meio. A unidade de μ, no SI, é T.m/A (tesla x metro/ampere). Para o vácuo, a permeabilidade magnética (μo) vale, por definição:

μo = 4π.10-7T.m/A

Inicialmente, a eletricidade e o magnetismo foram estudados de forma separada, pois filósofos gregos pensavam que esses dois ramos da física não tinham relação. Porém, após os experimentos de Cristian Oersted foi possível verificar que eletricidade e magnetismo tinham sim uma relação. Em seus experimentos, Oersted pôde comprovar que um fio percorrido por uma corrente elétrica gerava a sua volta um campo magnético. Essa comprovação veio através da movimentação da agulha de uma bússola.  

Oersted colocou uma bussola próximo a um condutor percorrido por uma corrente elétrica e verificou que ela se orientava em um sentido diferente do sentido que assumia quando cessava a corrente elétrica no fio.

A intensidade do campo magnético gerado ao redor do fio condutor retilíneo é dada pela seguinte equação:

Onde μ é a grandeza física que caracteriza o meio no qual o fio condutor está imerso. Essa grandeza é chamada de permeabilidade magnética do meio. A unidade de μ, no SI, é T.m/A (tesla x metro/ampere). Para o vácuo, a permeabilidade magnética (μo) vale, por definição:

μo = 4π.10-7T.m/A

User badge image

Julyana Saraiva

Há mais de um mês

De qual livro é essa pergunta?

Essa pergunta já foi respondida!