A maior rede de estudos do Brasil

São elementos da obrigação tributária:

sujeito ativo, sujeito passivo, objeto e causa
  sujeito ativo, sujeito passivo e Estado.
  sujeito ativo, sujeito passivo e causa.
  partes, objeto e lei.
  partes, sujeito ativo, sujeito passivo e causa.

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

  • Sujeito Ativo:

É a pessoa jurídica de direito publico titular da competência para exigir o seu cumprimento.  

Segundo Sabbag,  estas pessoas de Direito público “podem ser  titulares, por delegação, das funções de arrecadar ou fiscalizar tributos (parafiscalidade), ou executar leis, serviços, atos ou decisões administrativas em matéria tributária”. 

"Art. 7º A competência tributária é indelegável, salvo atribuição das funções de arrecadar ou fiscalizar tributos, ou de executar leis, serviços, atos ou decisões administrativas em matéria tributária, conferida por uma pessoa jurídica de direito público a outra, nos termos do § 3º do artigo 18 da Constituição ."

  • Sujeito Passivo:

É a pessoa que está obrigada ao pagamento do tributo ou penalidade pecuniária. Pode ser o contribuinte ou o responsável.

  • Objeto:

Se subdivide em principal e acessória.

A obrigação tributária principal é a obrigação de pagar tributo, acrescidos, se for o caso, de juros e multas.

Segundo o art. 113, § 1º do CTN, “a obrigação principal surge com a ocorrência do fato gerador, tem por objeto o pagamento de tributo ou penalidade pecuniária e extingue-se juntamente com o crédito dela decorrente.

 A obrigação tributária acessória são ações ou omissões que auxiliam o fisco na administração do tributo. 

"Art. 113, §2º A obrigação acessória decorre da legislação tributária e tem por objeto as prestações, positivas ou negativas, nela previstas no interesse da arrecadação ou da fiscalização dos tributos.

  • Causa:

Toda obrigação tributária, seja ela principal ou acessória, deve ter um fato gerador, decorrentes da lei ou da legislação tributária, respectivamente.

  • Sujeito Ativo:

É a pessoa jurídica de direito publico titular da competência para exigir o seu cumprimento.  

Segundo Sabbag,  estas pessoas de Direito público “podem ser  titulares, por delegação, das funções de arrecadar ou fiscalizar tributos (parafiscalidade), ou executar leis, serviços, atos ou decisões administrativas em matéria tributária”. 

"Art. 7º A competência tributária é indelegável, salvo atribuição das funções de arrecadar ou fiscalizar tributos, ou de executar leis, serviços, atos ou decisões administrativas em matéria tributária, conferida por uma pessoa jurídica de direito público a outra, nos termos do § 3º do artigo 18 da Constituição ."

  • Sujeito Passivo:

É a pessoa que está obrigada ao pagamento do tributo ou penalidade pecuniária. Pode ser o contribuinte ou o responsável.

  • Objeto:

Se subdivide em principal e acessória.

A obrigação tributária principal é a obrigação de pagar tributo, acrescidos, se for o caso, de juros e multas.

Segundo o art. 113, § 1º do CTN, “a obrigação principal surge com a ocorrência do fato gerador, tem por objeto o pagamento de tributo ou penalidade pecuniária e extingue-se juntamente com o crédito dela decorrente.

 A obrigação tributária acessória são ações ou omissões que auxiliam o fisco na administração do tributo. 

"Art. 113, §2º A obrigação acessória decorre da legislação tributária e tem por objeto as prestações, positivas ou negativas, nela previstas no interesse da arrecadação ou da fiscalização dos tributos.

  • Causa:

Toda obrigação tributária, seja ela principal ou acessória, deve ter um fato gerador, decorrentes da lei ou da legislação tributária, respectivamente.

User badge image

Mariana Helena Alves de Paula

Há mais de um mês

O sujeito passivo da obrigação é a pessoa que tem o dever de pagar o tributo ou a penalidade pecuniária. Em regra, o sujeito passivo da obrigação tributaria é o contribuinte, isto é, o sujeito que tenha relação pessoal e direta com a situação que constitua o respectivo fato gerador do tributo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas