Buscar

Qual adiferença de recurso principal para recurso adesivo?

💡 2 Respostas

User badge image

Caio Magno

" Há recursos que são interpostos em razão da interposição de outro recurso. O recorrente vale-se do recurso apenas porque a outra parte recorreu. Recurso adesivo é o recurso contraposto ao da parte adversa, por aquela que se dispunha a não impugnar a decisão, e só veio a impugná-la porque o fizera o outro litigante. Recurso independente (principal) é aquele interposto autonomamente por qualquer das partes, sem qualquer relação com o comportamento do adversário".

0
Dislike0
User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza

recurso adesivo é aquele interposto por dependência em relação ao recurso principal, seguindo mesmo rito e no prazo das contrarrazões (art. 997, §2º do CPC):

"Art. 997. Cada parte interporá o recurso independentemente, no prazo e com observância das exigências legais.

[...]

§ 2º O recurso adesivo fica subordinado ao recurso independente, sendo-lhe aplicáveis as mesmas regras deste quanto aos requisitos de admissibilidade e julgamento no tribunal, salvo disposição legal diversa, observado, ainda, o seguinte:

I - será dirigido ao órgão perante o qual o recurso independente fora interposto, no prazo de que a parte dispõe para responder;

II - será admissível na apelação, no recurso extraordinário e no recurso especial;

III - não será conhecido, se houver desistência do recurso principal ou se for ele considerado inadmissível."

Inicialmente, a parte não pretendia recorrer, mas a ela é facultada a interposição de recurso em dependência com o recurso interposto pelo ex adverso.

Entretanto, o recurso ficará subordinado ao recurso independente, ou seja, a admissibilidade do recurso adesivo depende da admissibilidade do recurso principal, originariamente interposto, sendo certo que a desistência deste (recurso principal) implica no desconhecimento daquele (recurso adesivo)

Por fim, somente se admitirá recurso adesivo em três hipóteses: na apelação, no recurso extraordinário e no recurso especial.

Já no recurso autônomo, haverá a possibilidade muito maior de interposição, sem depender da interposição de outro recurso para a ele aderir (art. 994, do CPC):

"Art. 994. São cabíveis os seguintes recursos:

I - apelação;

II - agravo de instrumento;

III - agravo interno;

IV - embargos de declaração;

V - recurso ordinário;

VI - recurso especial;

VII - recurso extraordinário;

VIII - agravo em recurso especial ou extraordinário;

IX - embargos de divergência."

Ademais, interpostos recursos por ambas as partes, a desistência ou inadmissibilidade de um não obsta o prosseguimento do outro.

Outrossim, o prazo de interposição é contado a partir da intimação da decisão recorrida e não o prazo de contrarrazões de um recurso anterior

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Outros materiais