A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre Prisão Preventiva e Prisão Temporária?

Penal, Processual,

4 resposta(s)

User badge image

Davi silva

Há mais de um mês

a preventiva é para previnir que o investigado possa alterar provas ou influenciar testemunhas/a temporaria é para quando ha risco de fuga e para que os investigadores colham mais provas para o enviar o investigado a uma casa de dentenção

a preventiva é para previnir que o investigado possa alterar provas ou influenciar testemunhas/a temporaria é para quando ha risco de fuga e para que os investigadores colham mais provas para o enviar o investigado a uma casa de dentenção

User badge image

Jander Xavier

Há mais de um mês

A prisão temporária é regulamentada pela Lei 7.960/89. Com prazo de duração de cinco dias, prorrogáveis por mais cinco, ela ocorre durante a fase de investigação do inquérito policial. É utilizada para que a polícia ou o Ministério Público colete provas para, depois, pedir a prisão preventiva do suspeito em questão. Em geral, é decretada para assegurar o sucesso de uma determinada diligência. 
User badge image

Estudante PD

Há mais de um mês

As duas prisões acima elencadas são prisões cautelares e não prisão pena, isto é, essas prisões asseguram o resultado útil do processo. As diferenças começam no fato de que a prisão preventiva é prevista no Código de Processo Penal no seu artigo 311 e seguintes, já a prisão temporária é prevista na lei 7.960 de 1989. A segunda diferença é que a prisão preventiva não tem prazo determinado para acabar, sendo uma decisão rebus sic stantibus, isto é, ela vai continuar sendo aplicada enquanto existir os requsitos legais (indícios suficientes de autoria e prova da materialidade; garantia da ordem pública; ordem econômica; aplicação da lei penal; conveniência da instrução processual penal), já a prisão temporária tem como regra o prazo de 5 dias prorrogável por mais 5 segundo a lei 7.960/89. Entretanto a lei 8.072/90 (lei dos crimes hediondos) dispõe que a prisão temporária para os crimes hediondos pode ser aplicada pelo prazo de 30 dias prorrogável por mais trinta. A terceira diferença é que a prisão preventiva pode ser aplicada tanto na fase de inquérito policial quanto na fase processual, já a prisão temporária é só na fase do inquérito. Por fim a quarta diferença é que a prisão preventiva não tem um rol taxativo de crimes de que ela poderá ser aplicada, já a prisão temporária tem um rol no artigo 1º da lei 7.960/89 e também na  lei 8.072/90 de crimes dos quais poderá ser aplicado a prisão temporária. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes