A maior rede de estudos do Brasil

como fazer um balanço geral


1 resposta(s)

User badge image

Dheysson

Há mais de um mês

Para realizar um balanço patrimonial preciso, é importante, antes de tudo, saber o que considerar. 

Ativos - Nesse grupo, estão os ativos circulantes (disponibilidades, contas a receber de clientes, impostos a recuperar, instrumentos financeiros de curto prazo, estoques, despesas do exercício seguinte) e os não circulantes, que se dividem entre realizáveis a longo prazo (valores a receber, instrumentos financeiros, crédito junto a sócios, entre outros), investimentos (participações em coligadas, em controladas e outros investimentos permanentes),  móveis e imóveis (terrenos, prédios, máquinas, equipamentos etc.) e intangíveis (marcas, patentes, pesquisas e afins).


Passivos - Aqui, incluem-se os circulantes (contas a pagar a fornecedores, obrigações trabalhistas, obrigações tributárias, empréstimos e financiamentos etc.) e os não circulantes (empréstimo e financiamentos de longo prazo, contas a pagar a fornecedores de longo prazo, contingências trabalhistas de longo prazo etc.).

Por fim, você chegará ao patrimônio líquido, que será seu capital social e todas as suas reservas, já abatidos os prejuízos acumulados e as ações de tesouraria. Outra maneira simples de calcular, já que você já tem em mãos os valores dos ativos e passivos, é subtraindo esses últimos dos primeiros. Ou seja: ativos - passivos = patrimônio líquido.

PASSO-A-PASSO

1º Determine o período do balanço

2º Faça o levantamento do ativo da empresa

3º Faça o levantamento do passivo da empresa

4º Faça o levantamento do patrimonio liquido

5º Some todos os elementos do  balanço

 

Esse vídeo também te ajudará: https://www.youtube.com/watch?v=ej6d8QFyKkQ

Para realizar um balanço patrimonial preciso, é importante, antes de tudo, saber o que considerar. 

Ativos - Nesse grupo, estão os ativos circulantes (disponibilidades, contas a receber de clientes, impostos a recuperar, instrumentos financeiros de curto prazo, estoques, despesas do exercício seguinte) e os não circulantes, que se dividem entre realizáveis a longo prazo (valores a receber, instrumentos financeiros, crédito junto a sócios, entre outros), investimentos (participações em coligadas, em controladas e outros investimentos permanentes),  móveis e imóveis (terrenos, prédios, máquinas, equipamentos etc.) e intangíveis (marcas, patentes, pesquisas e afins).


Passivos - Aqui, incluem-se os circulantes (contas a pagar a fornecedores, obrigações trabalhistas, obrigações tributárias, empréstimos e financiamentos etc.) e os não circulantes (empréstimo e financiamentos de longo prazo, contas a pagar a fornecedores de longo prazo, contingências trabalhistas de longo prazo etc.).

Por fim, você chegará ao patrimônio líquido, que será seu capital social e todas as suas reservas, já abatidos os prejuízos acumulados e as ações de tesouraria. Outra maneira simples de calcular, já que você já tem em mãos os valores dos ativos e passivos, é subtraindo esses últimos dos primeiros. Ou seja: ativos - passivos = patrimônio líquido.

PASSO-A-PASSO

1º Determine o período do balanço

2º Faça o levantamento do ativo da empresa

3º Faça o levantamento do passivo da empresa

4º Faça o levantamento do patrimonio liquido

5º Some todos os elementos do  balanço

 

Esse vídeo também te ajudará: https://www.youtube.com/watch?v=ej6d8QFyKkQ

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes