A maior rede de estudos do Brasil

Qual o significado jurídico do principio da legalidade?


2 resposta(s)

User badge image

Rosiane Reis

Há mais de um mês

O princípio da legalidade é um conceito jurídico, parte dos direitos e garantias fundamentais do indivíduo, e estabelece que não existe crime se não estiver previsto em lei.

Legalidade vem de legal, que significa a característica daquilo que está dentro da lei. Toda ação criada em conformidade com a legislação integra a legalidade. 

O princípio da legalidade é, portanto, uma das bases do ordenamento jurídico brasileiro, e todas as normas devem respeitar esta noção da nulidade de punição no caso de inexistência de regra prévia. O postulado aparece desde a Constituição Federal de 1988, assim como também faz parte do Código Penal Brasileiro.

A síntese do princípio da legalidade seria a frase latim nullum crimen nulla poena sine lege, que na tradução do latim quer dizer que nenhum crime será punido sem que haja uma lei.

By: https://www.significados.com.br/principio-da-legalidade/

 

O princípio da legalidade é um conceito jurídico, parte dos direitos e garantias fundamentais do indivíduo, e estabelece que não existe crime se não estiver previsto em lei.

Legalidade vem de legal, que significa a característica daquilo que está dentro da lei. Toda ação criada em conformidade com a legislação integra a legalidade. 

O princípio da legalidade é, portanto, uma das bases do ordenamento jurídico brasileiro, e todas as normas devem respeitar esta noção da nulidade de punição no caso de inexistência de regra prévia. O postulado aparece desde a Constituição Federal de 1988, assim como também faz parte do Código Penal Brasileiro.

A síntese do princípio da legalidade seria a frase latim nullum crimen nulla poena sine lege, que na tradução do latim quer dizer que nenhum crime será punido sem que haja uma lei.

By: https://www.significados.com.br/principio-da-legalidade/

 

User badge image

Estudante PD

Há mais de um mês

O princípio da legalidade está previsto no artigo 1º do Código Penal que dispõe:  Não há crime sem lei anterior que o defina. Não há pena sem prévia cominação legal. Também é previsto no artigo 5º XXXIX da Constituição Federal de 1988 que dispõe:  não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal.

O significado jurídico desse princípio é que uma pessoa só pode ser punida por um fato quando já existia uma lei incriminando sua conduta. Dessa maneira, não é possível por meio da analogia ou costumes incriminar fatos anteriores ao nascimento de uma lei incriminadora. O particular pode fazer tudo o que a lei não proíbe, sendo que, se não há lei definindo determinada conduta como criminosa o fato é atípico. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes