A maior rede de estudos do Brasil

como são feitos os testes caixa Branca? Alguém pode me ajudar?

como são feitos os testes caixa Branca? Alguém pode me ajudar?

Qualidade de Software

ESTÁCIO EAD


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os testes de software estabelecem os engenheiros de sistema pensar de maneira diferente do que estão freqüentemente acostumados, eles precisam elaborar casos de testes para descobrir defeitos no software.

A forma que a técnica de teste de caixa branca é aplicada torna se totalmente diferente da abordagem da técnica de caixa preta.

A técnica de teste de caixa branca é conhecida por vários nomes tais como teste estrutural e teste de caixa de vidro. O engenheiro de sistema realiza o teste direto no código fonte do software. São determinados os dados de entrada para analisar a lógica do software.

A desvantagem da técnica de caixa de caixa branca é que não analisa se a especificação esta certa, concentra apenas no código fonte e não verifica a lógica da especificação.

Os testes de software estabelecem os engenheiros de sistema pensar de maneira diferente do que estão freqüentemente acostumados, eles precisam elaborar casos de testes para descobrir defeitos no software.

A forma que a técnica de teste de caixa branca é aplicada torna se totalmente diferente da abordagem da técnica de caixa preta.

A técnica de teste de caixa branca é conhecida por vários nomes tais como teste estrutural e teste de caixa de vidro. O engenheiro de sistema realiza o teste direto no código fonte do software. São determinados os dados de entrada para analisar a lógica do software.

A desvantagem da técnica de caixa de caixa branca é que não analisa se a especificação esta certa, concentra apenas no código fonte e não verifica a lógica da especificação.

User badge image

Ananias

Há mais de um mês

Ao contrário do teste da caixa preta, o teste da caixa branca visa avaliar a estrutura de um software, motivo pelo qual também é conhecido como teste estrutural. Aqui são analisados os componentes internos de um programa para encontrar possíveis falhas que venham a prejudicá-lo durante o seu uso, especialmente pelo usuário final. Avalia-se a operação interna, os códigos-fontes do software.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas