A maior rede de estudos do Brasil

a história do cuida na china


2 resposta(s)

User badge image

Gabriele

Há mais de um mês

  1. Os sacerdotes cuidavam dos doentes e classificavam as patologias em benignas, médias e graves. A divisão dos sacerdotes era estabelecida pela categoria de complexidade da doença da qual se ocupavam. Os chineses já conheciam algumas doenças, como varíola e sífilis. Realizavam cirurgias de lábio e tratamento de anemias, indicando ingestão de ferro através do alimento (fígado); as verminoses eram tratadas com determinadas raízes; para sífilis, prescreviam mercúrio e nas doenças da pele aplicavam o arsênico. Nos templos, eram cultivadas plantas medicinais. Usavam ópio como anestésico e construíram alguns hospitais de isolamento e casas de repouso. Também na China, a cirurgia não evoluiu, devido à proibição da dissecação de cadáveres. A eutanásia era um ato culturalmente aceito.
  1. Os sacerdotes cuidavam dos doentes e classificavam as patologias em benignas, médias e graves. A divisão dos sacerdotes era estabelecida pela categoria de complexidade da doença da qual se ocupavam. Os chineses já conheciam algumas doenças, como varíola e sífilis. Realizavam cirurgias de lábio e tratamento de anemias, indicando ingestão de ferro através do alimento (fígado); as verminoses eram tratadas com determinadas raízes; para sífilis, prescreviam mercúrio e nas doenças da pele aplicavam o arsênico. Nos templos, eram cultivadas plantas medicinais. Usavam ópio como anestésico e construíram alguns hospitais de isolamento e casas de repouso. Também na China, a cirurgia não evoluiu, devido à proibição da dissecação de cadáveres. A eutanásia era um ato culturalmente aceito.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes