A maior rede de estudos do Brasil

Sinapses centrais

Como funciona as sinapses centrais?

Fisiologia I

UNICHRISTUS


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Sinapses entre neurônios, envolvem mitocôndrias, vesículas sinápticas, fenda sinápticas, receptores terminal pré-sináptico, dendritos pós-sinápticas, sinapse. estas sinapses entre neurônios ocorrem convergência e divergência, neurônios centrais recebem aferência excitatórias e inibitórias, existem vários canais iônicos, controlados direta e indiretamente, potenciais pós-sinápticos de pequena amplitude.


O reflexo  pupilar, em um ambiente de pouca luminosidade e com o paciente olhando para um ponto fixo distante, projeta-se um feixe de luz em posição ligeiramente lateral a  um olho (a incidência frontal da luz pode produzir uma reação de convergência). A pupila reage em contração (miose) e em um ambiente escuro a pupila dilata ( midríase). Mediado pelo III par craniano (oculomotor).


O sistema nervoso sensorial, assume uma organização, em que a categoria de sensibilidade somática  e a origem do estímulo exteroceptiva, tem uma organização especial, sendo, a visão uma sensibilidade mediada pelos receptores da retina.

Sinapses entre neurônios, envolvem mitocôndrias, vesículas sinápticas, fenda sinápticas, receptores terminal pré-sináptico, dendritos pós-sinápticas, sinapse. estas sinapses entre neurônios ocorrem convergência e divergência, neurônios centrais recebem aferência excitatórias e inibitórias, existem vários canais iônicos, controlados direta e indiretamente, potenciais pós-sinápticos de pequena amplitude.


O reflexo  pupilar, em um ambiente de pouca luminosidade e com o paciente olhando para um ponto fixo distante, projeta-se um feixe de luz em posição ligeiramente lateral a  um olho (a incidência frontal da luz pode produzir uma reação de convergência). A pupila reage em contração (miose) e em um ambiente escuro a pupila dilata ( midríase). Mediado pelo III par craniano (oculomotor).


O sistema nervoso sensorial, assume uma organização, em que a categoria de sensibilidade somática  e a origem do estímulo exteroceptiva, tem uma organização especial, sendo, a visão uma sensibilidade mediada pelos receptores da retina.

User badge image

Pâmela

Há mais de um mês

A região de interligação de dois neurônios, que garante a passagem do impulso nervoso, é a chamada sinapse. É nesta zona que se dá a transmissão e ampliação dos impulsos nervosos.

A sinapse realiza-se entre o axônio de um neurônio e os dendritos de outro neurônio. Nessa região não há um contato direto das ramificações, estas apenas ficam lado a lado.

Quando um impulso nervoso atinge as terminações do axônio, ocorre a libertação de acetilcolina acumulada nas vesículas sinápticas. A substância, vai agir como mediador químico na transmissão do impulso nervoso, e por isso é chamada de neurotransmissor.

O neurotransmissor libertado na fenda sináptica estimula a membrana pós-sináptica, provocando uma modificação na permeabilidade local. Surge então um novo impulso nervoso. É assim que funciona o nosso sistema nervoso, e de sinapse em sinapse, um impulso gerado no nosso cérebro chega ao local de destino, como por exemplo, a contração de um músculo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas