A maior rede de estudos do Brasil

o morfema gramatical tem a função de enquadrar o morfema lexical dentro de categorias da lingua?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O morfema é a unidade mínima gramatical portadora de significado numa língua. Relativamente à natureza de significação, os morfemas classificam-se em morfemas lexicais e morfemas gramaticais. Os morfemas lexicais são unidades lexicais com significação externa, com conteúdo e forma, uma vez que se referem a factos do mundo extralinguístico, ao que distinguimos na realidade objetiva ou subjetiva. Ex.: Almada, laranja, saudade, etc. Os morfemas gramaticais têm significação interna, pois derivam das relações e categorias existentes na língua. São unidades independentes como, por exemplo, o (artigo definido), de (preposição), ou dependentes como -a (em casa), -s (em casas), entre outras.


Quando fala em categorias, quer referir-se a categorias gramaticais das palavras. Assim, se estivermos a falar de um morfema gramatical desinência (ou seja, morfema flexional), não ocorre mudança de categoria. Por exemplo, a desinência que expressa a 1.ª pessoa do plural de um verbo como falar (falamos) ou a desinência que denota o plural de casa (casas). No entanto, se estivermos a falar de um morfema gramatical afixo (ou morfema derivacional), vai ocorrer a alteração de categoria gramatical do radical a que se juntam os sufixos: vento substantivo masculino > ventoso adjetivo; novo adjetivo > novamente advérbio.


Fonte: https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-funcao-do-morfema-gramatical/27519

Acesso em 17 de out. de 2018.

O morfema é a unidade mínima gramatical portadora de significado numa língua. Relativamente à natureza de significação, os morfemas classificam-se em morfemas lexicais e morfemas gramaticais. Os morfemas lexicais são unidades lexicais com significação externa, com conteúdo e forma, uma vez que se referem a factos do mundo extralinguístico, ao que distinguimos na realidade objetiva ou subjetiva. Ex.: Almada, laranja, saudade, etc. Os morfemas gramaticais têm significação interna, pois derivam das relações e categorias existentes na língua. São unidades independentes como, por exemplo, o (artigo definido), de (preposição), ou dependentes como -a (em casa), -s (em casas), entre outras.


Quando fala em categorias, quer referir-se a categorias gramaticais das palavras. Assim, se estivermos a falar de um morfema gramatical desinência (ou seja, morfema flexional), não ocorre mudança de categoria. Por exemplo, a desinência que expressa a 1.ª pessoa do plural de um verbo como falar (falamos) ou a desinência que denota o plural de casa (casas). No entanto, se estivermos a falar de um morfema gramatical afixo (ou morfema derivacional), vai ocorrer a alteração de categoria gramatical do radical a que se juntam os sufixos: vento substantivo masculino > ventoso adjetivo; novo adjetivo > novamente advérbio.


Fonte: https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-funcao-do-morfema-gramatical/27519

Acesso em 17 de out. de 2018.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

O morfema é a unidade mínima gramatical portadora de significado numa língua. Relativamente à natureza de significação, os morfemas classificam-se em morfemas lexicais e morfemas gramaticais. Os morfemas lexicais são unidades lexicais com significação externa, com conteúdo e forma, uma vez que se referem a factos do mundo extralinguístico, ao que distinguimos na realidade objetiva ou subjetiva. Ex.: Almada, laranja, saudade, etc. Os morfemas gramaticais têm significação interna, pois derivam das relações e categorias existentes na língua. São unidades independentes como, por exemplo, o (artigo definido), de (preposição), ou dependentes como -a (em casa), -s (em casas), entre outras.


Quando fala em categorias, quer referir-se a categorias gramaticais das palavras. Assim, se estivermos a falar de um morfema gramatical desinência (ou seja, morfema flexional), não ocorre mudança de categoria. Por exemplo, a desinência que expressa a 1.ª pessoa do plural de um verbo como falar (falamos) ou a desinência que denota o plural de casa (casas). No entanto, se estivermos a falar de um morfema gramatical afixo (ou morfema derivacional), vai ocorrer a alteração de categoria gramatical do radical a que se juntam os sufixos: vento substantivo masculino > ventoso adjetivo; novo adjetivo > novamente advérbio.


Fonte: https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-funcao-do-morfema-gramatical/27519

Acesso em 17 de out. de 2018.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

o morfema gramatical tem a função de enquadrar o morfema lexical dentro de categorias da lingua?


O morfema é a unidade mínima gramatical portadora de significado numa língua. Relativamente à natureza de significação, os morfemas classificam-se em morfemas lexicais e morfemas gramaticais. Os morfemas lexicais são unidades lexicais com significação externa, com conteúdo e forma, uma vez que se referem a factos do mundo extralinguístico, ao que distinguimos na realidade objetiva ou subjetiva. Ex.: Almada, laranja, saudade, etc. Os morfemas gramaticais têm significação interna, pois derivam das relações e categorias existentes na língua. São unidades independentes como, por exemplo, o (artigo definido), de (preposição), ou dependentes como -a (em casa), -s (em casas), entre outras.


Quando fala em categorias, quer referir-se a categorias gramaticais das palavras. Assim, se estivermos a falar de um morfema gramatical desinência (ou seja, morfema flexional), não ocorre mudança de categoria. Por exemplo, a desinência que expressa a 1.ª pessoa do plural de um verbo como falar (falamos) ou a desinência que denota o plural de casa (casas). No entanto, se estivermos a falar de um morfema gramatical afixo (ou morfema derivacional), vai ocorrer a alteração de categoria gramatical do radical a que se juntam os sufixos: vento substantivo masculino > ventoso adjetivo; novo adjetivo > novamente advérbio.


Fonte: https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-funcao-do-morfema-gramatical/27519

Acesso em 17 de out. de 2018.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas