A maior rede de estudos do Brasil

Exemplos de bens móveis que são ou podem ser considerados imóveis ou vice-versa


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Júnior Oliveira Verified user icon

Há mais de um mês

O Código Civil, em seu artigo 79, define como imóveis tanto o solo quanto o que lhe for incorporado, sendo exemplos casas e edifícios:

Art. 79. São bens imóveis o solo e tudo quanto se lhe incorporar natural ou artificialmente.

 

Ao passo que são móveis são aqueles suscetíveis a movimento ou remoção, tendo como exemplos os veículos:

Art. 82. São móveis os bens suscetíveis de movimento próprio, ou de remoção por força alheia, sem alteração da substância ou da destinação econômico-social.

 

Observe-se porem que o Código Civil trata alguns bens móveis em essência como imóveis para fins jurídicos, criando a classe dos "bens imóveis para efeitos legais":

Art. 80. Consideram-se imóveis para os efeitos legais:

I - os direitos reais sobre imóveis e as ações que os asseguram;

II - o direito à sucessão aberta.

Com isso, combinando-se o art. 80 com o art. 1.473, VI e VII, temos como exemplos de bens móveis em essência, mas imóveis para efeitos legais os navios e as aeronoves:

Art. 1.473. Podem ser objeto de hipoteca:

I - os imóveis e os acessórios dos imóveis conjuntamente com eles;

II - o domínio direto;

III - o domínio útil;

IV - as estradas de ferro;

V - os recursos naturais a que se refere o art. 1.230, independentemente do solo onde se acham;

VI - os navios;

VII - as aeronaves.

VIII - o direito de uso especial para fins de moradia;        

IX - o direito real de uso;     

 X - a propriedade superficiária.       

§ 1º A hipoteca dos navios e das aeronaves reger-se-á pelo disposto em lei especial. 

 

O Código Civil, em seu artigo 79, define como imóveis tanto o solo quanto o que lhe for incorporado, sendo exemplos casas e edifícios:

Art. 79. São bens imóveis o solo e tudo quanto se lhe incorporar natural ou artificialmente.

 

Ao passo que são móveis são aqueles suscetíveis a movimento ou remoção, tendo como exemplos os veículos:

Art. 82. São móveis os bens suscetíveis de movimento próprio, ou de remoção por força alheia, sem alteração da substância ou da destinação econômico-social.

 

Observe-se porem que o Código Civil trata alguns bens móveis em essência como imóveis para fins jurídicos, criando a classe dos "bens imóveis para efeitos legais":

Art. 80. Consideram-se imóveis para os efeitos legais:

I - os direitos reais sobre imóveis e as ações que os asseguram;

II - o direito à sucessão aberta.

Com isso, combinando-se o art. 80 com o art. 1.473, VI e VII, temos como exemplos de bens móveis em essência, mas imóveis para efeitos legais os navios e as aeronoves:

Art. 1.473. Podem ser objeto de hipoteca:

I - os imóveis e os acessórios dos imóveis conjuntamente com eles;

II - o domínio direto;

III - o domínio útil;

IV - as estradas de ferro;

V - os recursos naturais a que se refere o art. 1.230, independentemente do solo onde se acham;

VI - os navios;

VII - as aeronaves.

VIII - o direito de uso especial para fins de moradia;        

IX - o direito real de uso;     

 X - a propriedade superficiária.       

§ 1º A hipoteca dos navios e das aeronaves reger-se-á pelo disposto em lei especial. 

 

User badge image

Osvaldo

Há mais de um mês

 Segundo o Código Civil existem bens que podem ser imobilizados devido seu alto valor econômico, por exemplo uma aeronave ou um navio que são móveis passam a ser tratados como imóveis no campo do Direito. 

 De acordo com o artigo 84 do Código Civil materiais destinados a construção enquanto não forem utilizados mantêm sua qualidade de móveis. E quando demolidos readquirem esta qualidade.

 É um bom exemplo para sua pergunta, pois os materiais de construção tem a qualidade de móveis depois passam a ser imóveis e posteriormente se demolidos voltam a ser móveis.

 Espero ter ajudado!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas