A maior rede de estudos do Brasil

Quais os três períodos básicos de uma doença?

Patologia I

UNIFAVIP


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os três períodos básicos de uma doençaa são: 

Período de incubação: é o tempo que os agentes infecciosos levam a ultrapassar as barreiras orgânicas iniciais, a multiplicarem-se até constituírem uma quantidade considerável, a alcançarem o ponto do organismo onde executam as suas ações nocivas, a produzirem as suas toxinas, etc. Trata-se de uma fase de que os micróbios necessitam para adquirirem o potencial patogénico suficiente, de modo a poderem provocar os seus efeitos nocivos

Período de estado:  inicia-se quando começam a surgir as manifestações próprias da doença e prolonga-se até ao momento em que estas desaparecem.Ao longo desta fase os microorganismos responsáveis continuam a reproduzir-se e a resistir ao ataque do sistema defensivo, as consequências da sua actividade, muito diferentes consoante os casos, persistem ou vão, em muitos casos, aumentando.É ao longo do período de estado, que os sinais e sintomas que caracterizam cada doença infecciosa e as alterações próprias de cada patologia em concreto se manifestam.

Período de covalescença: A destruição ou neutralização dos microorganismos causadores da doença infecciosa pelo sistema de defesa, permite o desaparecimento dos sinais e sintomas provocados por esta doença, embora possa passar algum tempo, designado período de convalescença, até que o organismo debilitado recupere totalmente das alterações e lesões sofridas. O período de convalescença corresponde a uma fase intermédia entre o padecimento da doença e um estado de perfeita saúde, sem se ter em conta as eventuais sequelas permanentes que a patologia possa ter causado. Quando a doença termina de forma brusca, a convalescença também começa subitamente, enquanto que o limite é mais impreciso quando a patologia desaparece lentamente.

Fonte: https://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=554

 

Os três períodos básicos de uma doençaa são: 

Período de incubação: é o tempo que os agentes infecciosos levam a ultrapassar as barreiras orgânicas iniciais, a multiplicarem-se até constituírem uma quantidade considerável, a alcançarem o ponto do organismo onde executam as suas ações nocivas, a produzirem as suas toxinas, etc. Trata-se de uma fase de que os micróbios necessitam para adquirirem o potencial patogénico suficiente, de modo a poderem provocar os seus efeitos nocivos

Período de estado:  inicia-se quando começam a surgir as manifestações próprias da doença e prolonga-se até ao momento em que estas desaparecem.Ao longo desta fase os microorganismos responsáveis continuam a reproduzir-se e a resistir ao ataque do sistema defensivo, as consequências da sua actividade, muito diferentes consoante os casos, persistem ou vão, em muitos casos, aumentando.É ao longo do período de estado, que os sinais e sintomas que caracterizam cada doença infecciosa e as alterações próprias de cada patologia em concreto se manifestam.

Período de covalescença: A destruição ou neutralização dos microorganismos causadores da doença infecciosa pelo sistema de defesa, permite o desaparecimento dos sinais e sintomas provocados por esta doença, embora possa passar algum tempo, designado período de convalescença, até que o organismo debilitado recupere totalmente das alterações e lesões sofridas. O período de convalescença corresponde a uma fase intermédia entre o padecimento da doença e um estado de perfeita saúde, sem se ter em conta as eventuais sequelas permanentes que a patologia possa ter causado. Quando a doença termina de forma brusca, a convalescença também começa subitamente, enquanto que o limite é mais impreciso quando a patologia desaparece lentamente.

Fonte: https://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=554

 

User badge image

Valéria

Há mais de um mês

são 4 períodos em doença não transmissivéis, no entanto em doenças transmissiveis são apenas 3. 

PERÍODO-PRÉ-PATOGÊNICO - É o período em que ocorre a interação preliminar entre agentes potenciais, hospedeiros e fatores ambientes no processo da doença. 

PERÍODO DE INCUBAÇÃO - Período durante o qual ocorre a instalação, e eventual multiplicação dos agentes etiológicos no hospedeiro, sem que seja verificada sintomatologia da doença (doenças transmissíveis).

PERÍODO DE EXPOSIÇÃO OU CARÊNCIA – doenças não transmissíveis.

PERÍODO PATOGÊNICO – Processo resultante da reação desencadeada no organismo do hospedeiro em conseqüência ao estabelecimento do estímulo-doença.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas